domingo, 6 de agosto de 2017

2º reunião + desafio

Dia 25/07 recebemos um e-mail marcando uma reunião para dia 28/07, ou seja, super em cima!

Foi uma reunião super gostosa, tivemos uma palavrinha do Paulo, que já foi pra Colômbia, e então começamos a nos apresentar. Todos tinham que subir na mesa e se apresentar rapidamente. Foi muito bacana ver a evolução de pessoas que estavam no processo ano passado também!

No final na reunião o Jorge lançou um desafio: postar um vídeo e marcar ele no facebook com até 30 segundos fazendo o mesmo que fizemos alí, nos apresentando, porém em espanhol!!

Depois disso ele já marcou nosso acampamento: 19 e 20 de agosto!! Estou super ansiosa, vai ser muito legal e nós que já fomos vamos fazer apresentação sobre nosso intercâmbio. Aaaah, que felicidade!!



Esses dias, saindo da ACM, encontrei Jorge. Brincamos, conversamos e ele me perguntou se eu já estava preparando minha apresentação para o acampamento. Eu disse que sim e que tenho tudo registrado em vídeo, foto e escrito (aqui no diário), disse também que fiz uma planilha com todos os meus gastos diários lá. Ai ele me respondeu: "sabe que, a maneira que você e Monique fizeram o intercâmbio me fez pensar que está na hora da gente deixar os alunos gerirem o programa de intercâmbio, já falei com o Massari, temos que pensar em uma co-gestão por parte dos alunos que já foram, deixar vocês a frente e a gente só organizar de longe. Estamos trabalhando nisso!"

Imagina se eu não fiquei feliz, né??

Andamos até o carro e ele me perguntou como estava o meu ingles, e eu disse que eu falo, sempre estudei. Ai ele falou "É que vocês são novas ainda, mas a gente já pode começar a pensar em um outro estilo de intercâmbio, aí o período é mais longo e é pra trabalhar num camp de alguma acm de fora" AAAAAAAAAAAAH, sempre foi meu sonho no Canadá, e agora ele falou isso!!!

Dormi feliz.

domingo, 11 de junho de 2017

Tudo novo de novo: 1º reunião

Segunda feira (dia 05/06) Jorge mandou um e-mail marcando reunião para sábado, dia 10, às 17:13, e é um dia que eu já tinha compromisso... pensei comigo: de volta à correria de desmarcar tudo em cima da hora! Kkkkk.

Pois bem, sábado, antes das 17:13 eu estava lá. Assinei a lista de presença e perguntei pro Jorge quantas fichas tinham sido entregues no último processo e quantas nesse atual, pra minha surpresa: no processo passado foram 93, nesse apenas 83. Mas não foram todas pessoas.

Começou nossa reunião e eu fiquei com a Monique e a Milena, que também estão participando do processo de novo 💚. Ah, o Alan também! 

No início o Jorge falou sobre atraso, que o horário quebrado não é pegadinha, mas é assim que acontece com avião, quem não estiver no horário certo, vai perdê-lo!
Ele apresentou os mesmos slides do ano passado, explicando sobre o processo e me deu uma nostalgia tão grande em saber que eu já vivi aquilo e pude estar ali vivendo tudo de novo... que felicidade!!! 💚.

Em um momento ele estava falando sobre o Peru (eu e Monique comentamos com ele outro dia que agora queremos Peru, mas falamos brincando! Kkkkk) e disse "quem for pra lá, seja a primeira vez ou pra quem vai de novo", nossa, eu olhei pra Monique e como conseguimos conversar por olhares, nos enchemos de felicidade só de ouvir isso!! Hahahaha.

Terminamos a reunião com o Jorge dizendo "vou enviar esses slides para o e-mail de vocês, vejam em casa com calma, analisem direito e vejam se vocês estão preparados. Meçam as pernas, para não quererem dar um passo maior que ela", uaaaaau!! Sei que nós vamos ser 2º opção nesse processo e que vão dar prioridade aos que não foram, que só vamos caso as pessoas que estão no nosso processo não estejam preparadas ainda, mas eu sai de lá tão feliz só em poder estar participando de novo!! E quero participar de verdade, pois meu coração está cheio de gratidão à FEFISO!

Hoje à noite o Jorge enviou um e-mail dizendo que agora só somos 60 pessoas, eu achei bem pouco, pois a tendência é diminuir, quando as pessoas não comparecem às reuniões ou não cumprem os desafios, estão fora do processo.  Mas, vamos lá!! Tudo novo de novo!!

domingo, 4 de junho de 2017

Próximo intercâmbio 

A cabeça não para... Mal cheguei e já estou pensando em outro kkkk.

Tenho planos: em novembro vou tentar o mesmo que um amigo conseguiu pela ACM, mas o destino é Canadá por 3 meses a trabalho, vamos ver, são planos que estou orando muito ainda.

Recentemente aconteceu outra JIEF, evento da FEFISO que começa a inscrição do intercâmbio. Eu me inscrevi, conversando com o Jorge, ele disse a mim e à Monique que somos nós quem vamos dizer se podemos ir de novo ou não, ou seja, há possibilidade.

 Acredito que seja muito difícil eles mandarem as mesmas pessoas seguidas, mas eu estou participando. Se eu não for, quero participar do processo mesmo assim, e acompanhar tudo outra vez com muito amor no coração. Eu amo esse lugar!! 

Vou continuar publicando aqui as fases nesse novo processo e os meus sentimentos pós intercâmbio.

Readaptação 

Uma vez uma prima me perguntou "e aí Vi, tá naquela fase de depressão pós viagem?" e eu achei que não, mas essa frase é a mais real possível!

Como é difícil se readaptar, só viví 2 meses no México, mas foi tão intenso que parece que desacostumei com as coisas que viví durante toda minha vida aqui no Brasil.

Hoje faz exatamente 2 meses que eu voltei ao Brasil e ainda posso dizer que estou me readaptando. No começo foi muito difícil, eu não tinha vontade de fazer nada, só ficar deitada rs, creio que é porque lá eu tinha mordomia: não trabalhava, só estudava (que era tudo diferente pra mim) e passeava, aí quando cheguei tive um choque de realidade: faculdade com uma super cobrança que eu faço de mim mesma, trabalhos, tcc, trabalho e mais trabalhos atrasados que estavam me aguardando.

Mas aqui em casa havia algumas situações (logo que eu cheguei) em que parecia que eu não me encaixava mais, me sentia uma estranha aqui kkk.

Sem contar a saudade absurda de todos lá, de Diego, de Zurita (que até um tempo atras nos falávamos todo dia, mas agora quase nunca, entendo que ele está seguindo a vida dele e eu a minha. Sinto falta dele, ele é uma pessoa legal!), de Lori, do meu irmão Mondragon, enfim, é uma saudade que até dói quando eu lembro de tudo! 

Nem meu organismo ainda está 100%, não se acostumou ainda com meu hábito de comer de 3 em 3 horas e meu intestino não funciona direito kkkkk.

Às vezes me culpo por essa saudade, penso que é ingratidão da minha parte em sentir isso sabendo que minha família que me ama tanto está aqui. Mas não é isso, não é ingratidão, é o oposto, excesso de gratidão que sinto por tudo que vivi. 

Agora me encontro bem, com saudade e aperto quando lembro de cada tim tim, mas bem! Consegui terminar meu TCC antes de todos que tiveram 2 meses a mais que eu, por enquanto fechei em todas as matérias sem precisar de substitutiva e uma matéria o prof não quis considerar minha nota do México, então eu precisaria fazer a prova que perdi, mas não precisei e fechei mesmo sem a nota de uma prova. 

Sinto muito dificuldade no inglês, que antes eu dominava kkkk. Mas quando penso em falar em outro idioma, meu cérebro só solta o espanhol, então no curso de inglês eu misturo tudo kkkk.

Escutei muito "nossa como você mudou, quero a Vitória de antes", é isso não é legal, não mesmo. Eu mudei, amadureci, mas minha essência continua a mesma. Eu só não tinha vontade de fazer nada logo que voltei, estava mais calada, mas hey, a Vitória está aqui!!! Mas é isso aí, vida que segue.

De volta à rotina

Meu primeiro dia no Brasil passei só arrumando e organizando minhas coisas, almocei arroz e feijão e jantei pão de queijo 💚. Deus os presentes pra minha família e eles gostaram muito, queria poder ter trazido mais coisa, mas eu não tava com muito dinheiro.

Uma parte engraçada é a confusão no meu cérebro quanto ao idioma, ia responder meus pais e respondia em espanhol kkkkk.

Meu primeiro dia de aula foi terça feira (dia 4 de abril). Uma delicia, todo mundo me abraçando e desejando "bem vinda de volta", todos perguntando coisas do México, aaaah que delicia! Encontrei Monique e fomos nos encontrar com Massari, entregamos nossas notas e contamos um pouquinho de como foi.

Uma parte ruim: eu sei que eu engordei, além de sentir nas minhas roupas e no espelho, a balança me diz isso, então não é legal ouvir dos outros "nossa, como você engordou!", mas eu ouvi muito! Não queria ter engordado mas quis me privar de nada lá, agora eu corro atrás do prejuízo aqui. Mais tarde fui dar aula e recebi muitos abraços dos meus alunos e dos meus chefes 💚💚.

DIA 60 - o retorno

Mal deitei e já acordei pra irmos pro aeroporto, saímos de casa umas 03:30. A gente tinha tanto sono, mas tanto sono que tivemos que parar no caminho pra comprar café, porque Mondragon estava quase dormindo no volante. Resultado? Eu dormi no carro com o café na mão kkkk acordei toda suja de café kkkk.

Chegamos no aeroporto e já fizemos check in, minha mala passou o limite de peso, o maximo era 32kg e a minha tinha 32,600kg 😬😬 mas como foi pouco, não me cobraram a mais. Monique tinha esquecido um documento dentro da mala que precisava pra fazer o check in, então teve que abrir a mala toda pra encontrar o papel.

Ficamos sentados no chão até dar o horário e só sabíamos chorar. Não sei dizer se era exatamente de tristeza, mas acredito que não, porque eu também estava feliz em ver minha família de novo, mas era um choro de saudade antecipada com um pouco de dor, porque fiz tantos amigos muito queridos que não sei quando vou poder vê-los novamente. Sem dizer sobre o Mondragon, que de amigo se tornou minha família, SIM, MINHA FAMÍLIA!! O que sinto por ele é um amor de irmão mesmo!! 

Demos o último tchau, o último abraço, o último olhar... entramos para a sala de embarque. Mondragon estava segurando o choro e sendo forte, até esse momento, quando ele também desabou a chorar.

Chamaram nosso voo e era o avião pequeno, de México até a Colômbia.

Na decolagem eu e Monique tivemos um momento muito especial em que dissemos, chorando é claro, coisas muito bonitas uma para outra, pois estávamos cumprindo nossa missão com êxito, a missão que a Fefiso nos deu era manter as portas abertas para os próximos e sim, mantemos e ainda as deixamos abertas para nós voltarmos. 

 A fefiso me deu uma amiga e a viagem me deu uma irmã, é assim que eu defino a Monique, vivemos tantas coisas juntas, ajudamos uma a outra, rimos juntas, choramos juntas, enfim, vivemos juntas.

Vimos o vulcão da mulher dormida do avião, uma vista impagável, sempre o víamos a caminho da escola.

Como o avião era pequeno, dormi muito muito mal até chegar a Colômbia. Chegando lá fomos procurar a bolsa colombiana que tanto queríamos e paguei U$50,00 dólares, saiu mais ou menos R$175,00, no Brasil ela custa mais de R$300,00. Comprei um sanduíche da Dunkin Donuts por U$3,00 dólares e já embarcamos. Eu estava com uma sensação horrível de cansaço e fraqueza, mas como esse avião era maior consegui dormir melhor.

6h depois chegamos em terra brasileira. Cansadas e cheias de malas  kkkk. Sentimento inexplicável a hora que vi toda minha família me esperando, que lindos e que saudade!!  Demos muitos abraços apertados e meus pais choraram. Viemos, então, pra casa com 2h de estrada e eu falando o tempo todo contando coisas que viví no meu amado México.

sábado, 1 de abril de 2017

DIA 59 - arrumando malas + despedidas 

Acordamos (**) as 10h mas só levantei 12h30 kkkkk.

Arrumei minha mala e puts grila, pensei que não ia caber!!! Não comprei muita coisa, mas essa semana eu ganhei muita coisa: 3 moletons, 4 camisetas, um livro, coberta, enfim, muita coisa!! Tive que por em duas mochilas de costa mais minha mala estourando de coisa e eu morrendo de medo de passar do peso.

Efren veio se despedir da gente com Lola e Bruno, aaaaaaah!! Zurita foi embora, também me despedi dele, aah! Vou sentir muita muita muita muita muita muita muita muita muita muita muita saudade dessa família!!!! Los quiero muchísimo!!!

Atuzalizei o diário, escrevi cartinhas para mama, Mondra, Lori, Obbey e Zurita. Deixei a cartinha do Mondragon em cima da cama dele junto com um boné meu que ele gostou muito, dei de presente. A da mama eu coloquei em cima da cama dela.

Tomei banho e fomos para um mercado comprar umas coisas, eu comprei pimentas e Jamaica pra levar embora. Chegamos em casa mais de 00:30 e mama tinha preparado uma surpresa pra gente, deixou uma sacolinha pra cada com um presente dentro e uma cartinha. Não consegui segurar quando li aquilo, chorei muito e abracei muito ela!! É uma pessoa extremamente querida e sentirei muita falta dela.  Ela comprou um bolo lindo numa padaria pra gente, uma forma de despedida.

Comemos e a Lori me chamou no FaceTime, não tinha visto ela ainda pra me despedir. Quando atendi ela já estava chorando, aí meu Deus, não aguentei e chorei mais ainda. Foi muito triste nossa despedida, ela disse que não foi nos ver porque não ia aguentar de tanto chorar, mas no FaceTime foi exatamente isso que aconteceu, choramos choramos choramos e choramos. A Lori é uma pessoa excepcional, não sei nem explicar o que sinto por ela.


Fui dormir um pouquinho porque logo já teria que acordar para ir ao aeroporto. 

DIA 58 - ultimo dia de aula + Garibaldi

Mondragon e Monique não queriam ir pra escola cedo, no mesmo horário de sempre, mas eu fiz a gente ir sim, porque era nosso ultimo dia de aula e eu queria aproveitar com todos!

Cheguei (com a cara mais inchada impossível), comprei meu café e fomos conversar com Paco. Ele entregou os documentos que temos que entregar para a FEFISO, nos despedimos dele, do maestro Gerardo e conversamos. Aaaah, já estou com saudade!! Também me despedi da mulher que é secretaria do Paco, ela me deu uma caneta de presente, pra lembrar dela.

Fomos com Hector comprar camisetas da universidade. Comprei uma pra uma amiga que pediu e uma pro Massari (diretor da FEFISO) e aí Hector nos deu uma também!! Fui no deportivo comprar uma toalha da YMCA e queria uma garrafa, mas não tinha mais :( :( então o secretário geral da YMCA nos deu pins (bótons) da acm e um livro negro, um livro da história da acm *---------*. Muito feliz!!!!

Fui falar com Obby e ele me deu um saco de bala da acm, 10 canetas, bolinhas de basquete e uma camiseta azul da ACM, aaaaah que lindo, vou sentir falta dele!!!

Escrevi uma carta para Lori e depois fui comer quesadilha frita com Diego, minhas ultimas!! Diego é uma pessoa sensacional, vou sentir falta dele, ele é muito engraçado!! Mas vai tentar intercâmbio para o Brasil no próximo ano.

Lori me deu um moletom da faculdade e uma camiseta do voluntariado da ACM ♥♥♥. Não tenho palavras pra explicar como eu vou sentir falta dessa mulher!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Me despedi de Rubi e ela também me deu camisetas! ♥♥.

Meu dia foi assim, choroso, pois cada um que eu abraçava eu chorava um monte. Todos são muito muito importantes pra mim porque se tornaram minha família, vou sentir falta deles demais!!

Depois da aula Monique e Mondragon iam sair (vai saber pra onde) então eu fui fazer alguma coisa com o Zurita pra não ficar sozinha. Fomos no parque bicentenário de novo e conversamos muito.

Fomos até Belas Artes, porque tínhamos combinado com todos uma despedida nossa na Plaza Garibaldi as 19h. Lá no Belas Artes eu me troquei, me maquiei e fomos caminhando até Garibaldi. Chegamos lá as 19h30 e a unica pessoa que estava era Roque. Caminhamos pra eu conhecer o lugar, ver os mariachis, fomos até onde fica o museu da tequila, e já dava 21h e nada do Mondragon. A gente ligava e ele falava que já iam, já iam. Eu fiquei muuito brava, porque ele combinou a despedida e nem ele aparece porque estava curtindo o tempo com Monique, affff.
Então eu não quis esperar mais e fui com Roque e Zurita até Madero pra comer. Comi tacos de nopal com queijo e uma quesadilha.

Já era tarde e nada do Mondragon... Então fomos andar e vimos um prédio que tem váaarias baladas/bares, tem +- 2 por andar. Fomos conhecer e entramos em vários kkkk, até que ficamos em um e eu pedi um suco de laranja. Dancei com o Zurita e caraca, ele dança muito!!!

Já era 02h da manhã e enfim Mondragon enviou mensagem, então viemos pra casa (já era muito tarde, então Zurita veio comigo de uber). Ele dormiu aqui, conversamos muuuito até de madrugada (acredito que as 4h)

**

sexta-feira, 31 de março de 2017

DIA 57 - escuela de niños

A mestra Karina nos convidou para conversar com seus alunos de uma escola primária porque eles queriam saber como é o Brasil e coisas assim, então de manhã fomos para a faculdade e fiz o slide da apresentação, era pra Monique fazer também mas ela estava fazendo uma carta a Mondragon e eu fiz praticamente tudo sozinha.

Encontramos o marido da Karina (que também é prof na uní) e ele nos levou até a escola. Chegamos 9h e só começava as 10h nossa apresentação, então demos algumas brincadeiras brasileiras pra eles enquanto isso.

Conversamos com todos os 6º (é o ultimo ano da primária) e todos estavam muito interessados, tanto é que nem usamos os slides, porque eles faziam um monte de pergunta e falamos mais do que tinha nos slides! Quiseram até aprender dança brasileira e mostrar dança deles.

Eles também preparam uma apresentação pra gente, todas as salas colaboraram e tinha artefatos e artesanias típicas, comidas, doces, roupas (cada estado tem sua dança típica com uma roupa característica) e nos mostraram um vídeo muito interessante! Um ballet aqui fez uma coreografia representando todas as danças típicas mexicanas, chamHuapango | Gala 60 Años Ballet Folklórico de México de Amalia Hernández.



Comemos tlacoyo e esperamos a maestra Karina terminar suas aulas, e em todas a gente passava uma atividade! Algumas meninas gostaram muito da gente que nos deram cartinhas!

Fomos comer com ela e seu marido num restaurante italiano (muuuito bom!!!) e depois ela nos deixou no museu da mulher, porque a prof da Monique tinha convidado ela para uma apresentação que ia acontecer. Chegamos as 17h mas começava as 16h, então pegamos só metade, mas foi muito interessante! Lá encontramos Mondragon, Zurita e mais gente da facul.

Terminou e nós fomos dar uma volta em Zócalo. Quando eu cheguei e ví aquela bandeira enorme lembrei que alí foi o primeiro lugar que conheci logo que cheguei. Passou um filme na minha cabeça, lembrei da gente saindo da facul e indo pra lá com Mondragon, Diego e Angel, conhecendo a catedral, a praça, as ruas e o monumento da revolução. Não pude conter o choro, chorei e muuuuito por recordar de tudo e ver quanta coisa boa eu vivi aqui, quantos amigos eu fiz, quantos lugares eu visitei, enfim, e saber que em alguns dias teria que deixar tudo!
Abracei Zurita e chorei maaaais ainda!!!

Fomos caminhando por Madero, compramos sorvete, ficamos conversando e viemos pra casa de metro.

DIA 56 - maratona de baile, ganhei!!

Aula de ginástica foi a primeira e só peguei as notas, fiquei com 9 também. Conversei bastante com a turma me despedindo, tirei foto com todos e saí. Gosto muito dessa sala, vou sentir muita falta deles.

Encontrei Zurita e fui com ele tomar café na rua e já voltei porque as 10h eu tinha aula. Era de deporte de conjunto e também era só pra ver as notas, tirei 9 também. Conversei com todos, tiramos foto e Hiram me deu uma carta.

Já desci e fui me trocar, porque as 12h começa a maratona de baile!!! É um concurso que teve na escola que tinha que ser em duplas e a dupla que conseguisse dançar por mais tempo sem parar ganhava um moletom da faculdade e mais um troféu. 

 Minha dupla era o Zurita, combinamos de ir com roupa igual pra impressionar os jurados kkkkk. Tomei água, fiz xixi e já estava preparada! Também fiz a inscrição do Diego e da Diana, porque não iam participar e coloquei o nome da dupla de "eu amo a Vitoria" kkkk.

Estavam todos o auditório e começou!!!! Aaaah que nervoso, tava muito ansiosa! Kkkkk. Tinha 17 duplas da universidade participando!

Começou com ritmos típicos, salsa, cumbia, aí mudava pra eletrônica, jazz, pop e a gente só não podia parar de dançar!! Eu não sabia dançar nada dos ritmos daqui, então só copiava o Zurita! Kkkk. Tocou payaso de rodeo e eu fiquei totalmente perdida, quase fomos eliminados!

Já estávamos molhados de suor, Zurita me provocava dançando kkkk. A partir de agora como tinha poucas duplas eles começaram a avaliar por ritmo e sincronia entre a dupla.

Começou a tocar samba e eu não sabia se estava ouvindo direito, olhei pra Monique e sim, era samba!!!! A gente começou a sambar e todos fizeram uma roda em volta da gente, foi muito especial pra mim esse momento, foi lindo!! A gente sambando e todo mundo em volta agitando!

Quando me dei conta estávamos nas últimas duplas!!! Começou a tocar tango e Monique e Mondragon começaram a brincar dançando ballet, então foram eliminados e só restou eu e Zurita e Brenda e seu par, como ela é ex do Zurita, ele falou que agora que tínhamos que ganhar mesmo!!! Kkkkk. Estávamos dançando tango e Zurita me perguntou "você quer ganhar o moletom?" E eu disse que sim, então ele "então temos que fazer uma coisa", aí fizemos um passo de tango e pimba!!! Surpresa para todosssss kkkkkk!

Começou a tocar reggaeton e aí eu me soltei, porque queria o moletom!! Kkkkk Zurita começou a fazer graça pros jugados, tirou a camiseta e começou a rebolar kkk. Tocou um outro ritmo que eu não lembro qual que dança bem perto um do outro e pulando, uma não da mulher vai na cintura do homem, aí pra fazer graça pros jurados ele pegou minha mãe e colocou no seu bumbum kkkkkk quase morri de vergonha!!!

Enfim pararam a música e anunciaram o resultado, já estávamos dançando por 2h30!! Não conseguiram escolher entre as duas duplas e então deram empate! Ficou um moletom por dupla e um troféu por dupla, eu fiquei com o moletom e ele com o troféu. Não acreditei que eu tinha ganhadooooo!!!! Que tudoooooo, mais feliz impossível!! Mas sei que só ganhamos porque o Zurita dança pra carambaaaaaa, dança muito mesmo!!! 

Me troquei e fui comer, comi um sanduíche do Akuni, voltei pra minha universidade pegar minhas coisas e fomos com Mondragon e Monique num parque natural que eles queriam gravar um vídeo. Me despedi do Zurita no metro e fomos embora.

terça-feira, 28 de março de 2017

DIA 55 - Partida de futebol + parque bicentenário

Minha primeira aula era de biomecánica, mas como nas matérias médicas o pessoal geralmente vai mal, os professores combinaram um jogo de futebol/basquete/vôlei entre as salas e quem ganhasse eles iam dar alguns pontos a mais. Eu fui até com a minha camiseta do Brasil.

Estava com muuuita vontade de jogar futebol, muita mesmo, todo mundo perguntou se eu não ia jogar (pra eles é obrigatório jogar bem futebol se você é brasileiro kkkk) mas eu estava com muuuita dor no meu joelho, muita mesmo, acho que é pelo tanto de atividade que fiz ontem!

Só assisti então. Assiste e dei pitáco né, mas em portugues ainda pra ninguém entender nada kkkkkk. Fiquei assistindo com Roque e com Aldo.

Fui no mercado comprar algo pra comer e voltei ver o partido do pessoal da outra sala, da sala do Mondra e do Zurita.

Fui pra classe de avaliação de desempenho mas o maestro só passou as notas, fiquei com 9,3.

Fomos para um parque chamado Parque Bicentenário. É um parque ao ar livre, como um jardim botânico mas gigante!! Fomos em 4 e foi muito legal! Fizemos picnic, dormi no gramado, conversei bastante, enfim, foi muito muito bom!!

Voltamos pra casa de taxi e fiz meu diário que estava muito muito atrasado.

DIA 54 - classe de tap + tabla gimnásia

Acordei 04:45 porque como não fiquei no último ensaio eu tinha que chegar 06:30 hoje pra ensaiar. A apresentação de ginástica artística começava as 07:30, segundo o professor, porém 07:30 também começava minha aula de tap com a turma do 8º.  Minha intenção era ser a primeira a apresentar e já descer dar aula, mas aí o professor falou que íamos começar as apresentações as 8h, que desespero!!

Ensaiei um monte até 07:30, desci correndo, comecei a aula. Passei aquecimento e um pouco da história de sapateado. As 8h eu subi de volta pra ginástica e o professor falou que meu grupo seria o ultimo a apresentar... Mas beleza, apresentamos e foi um sucessooooooooooooo!! Fizemos tudo muito sincronizado, todas as acrobacias saíram certinhas, e nossa coreografia ficou o máximo!!! Todos os jurados gostaram e pelo que parece vamos ter a nota máxima: 3! Gostei demais, queria dançar de novo!!!

Desci voando pra terminar minha aula. Esse grupo é mais difícil, e não sei se porque eu tive que subir e descer várias vezes, mas foi muito conturbado! Não fluiu muito bem a aula, Otavio e Aldo (que são meus amigos) estavam insuportáveis e toda hora eu tinha que chamar atenção deles! Mas passei diagonais, exercícios com clap (palma) e tentei ensinar o sambinha de tap, por ser característico de Brasil.

Tive um intervalinho e comi um muffin que Zurita me deu, então chegou a segunda turma do 8º. Que aula maravilhosaaaaaaaaa!! A maestra já tinha falado que esse grupo seria mais fácil, mas a aula foi maravilhosa, todos estavam interessados e conseguiram fazer tudo, a aula fluiu!! Contei a história do tap e alguns princípios, depois aquecimento, diagonais, exercício com clap e fizemos desafio entre grupos, foi demaissss, ensinei o samba e ainda fizeram uma sequencia!!

Não tenho como explicar o que eu senti, que realização foi dar essa aula e apresentar tap pra eles, já que aqui quase ninguém conhece. Sou muito grata a maestra e a UniYMCA por me proporcionar isso, amei demais ter tido essa experiência!!

Tive aula de esportes de conjunto e jogamos muito basquete e vôlei (amei!!). Em vôlei jogamos até contra os professores e eu peguei umas bolas muito boas!!

Me banhei e então fui esperar Zurita (de segunda eu pego carona com ele) que estava no treino de vôlei. Quando fomos sair o carro dele não pegava kkkk não sei porque, mas parou! Então fomos de taxi até Coyoacán. Ele não tinha que ir mas foi pra me acompanhar porque eu não sei chegar. Tomamos um sorvete e eu fui pras práticas.

Meus parceiros das práticas nunca que chegavam! Liguei até pro Mondra avisando que não teria mais. 16h40 a responsável chegou e eu comecei a aula sozinha! Era só eu pra 4/5 niños. Mas eles sabiam que era minha última aula, então perguntei o que eles queriam aprender em portugues, perguntei se eles sabiam o que mais jogamos no Brasil e eles falaram futebol kkkk. Então improvisei algumas atividades de propriocepção de futebol e no final jogamos.
Me despedi deles e senti um aperto no peito!! É difícil mas eu gostei muito de trabalhar com eles, sentia que são crianças que necessitavam, e que aperto em saber que não vou mais vê-los! A responsável Andreia me agradeceu muito, falou que quando eu voltar para o México eles querem que eu vá visitá-los e tudo mais, senti de dar minha bandeira para eles e dei, assim o DIF fica com um pouco de mim.

Encontrei mano e Mo e fomos para o mercado de artesania de Coyoacán pra comprar regalos. Comprei muitos muitos chaveiros para minha família, uma carteira pra mim e uma pro meu pai. Fui na subway comer e voltamos pra casa de Uber.

***

DIA 53 - Basílica de Guadalupe

Fomos de onibus e metrô até a Basílica de Guadalupe. uma igreja muito grande e antiga aqui, com muito história. É uma igreja católica, eu não sou mas não tenho preconceito, fui conhecer e gosto muito de ver a arquitetura. Fomos nós três e mais mama.

Antes de igreja passamos num mercado comprar tercinhos, chaveiros e tudo mais. Comprei pro meu pai e pros meus tios.

A igreja é lindaaa! Tem uma parte antiga e uma nova que construíram não faz muito tempo. Primeiro eles quiseram acender uma vela para a virgem Maria, aí fomos ver uma missa. Da missa eu não gostei, tive muito sono, mas gostei da igreja.

Depois fomos em um lugar pra passar embaixo da virgem que tem no púlpito. O que me chamou muito atenção que vimos é o Santo Sudário, já tinha estudado ele na escola, é a única coisa que a ciência não consegue comprovar contra a religião. Foi o manto que cobriu Jesus quando morreu e sua glória foi tão forte que quando ressuscitou, seu corpo ficou marcado nesse tecido. Acho isso animal!!

Eles quiseram ir benzer as coisas que compramos e eu fui junto. Depois fomos num museu da basílica, não gostei muito também porque o que mais tinha era pinturas e quadros da virgem, mas eram muitos, muitos, muitos, creio que uns 200!!

Ja estavamos bem cansados então viemos embora. Antes passei numa sorveteria chamada Michoacana comprar sorvete. Viemos embora de metrô, foi um passeio bem legal, eu gostei!!

DIA 52 - Incantatum - restaurante Harry Potter

Acordei as 10h, que delícia!!!

Tomei café e comi mollete, é filãozinho cortado na metade com feijão, queijo, tomate e nopal. Puts que deliciaaaaaaa, amei!!!

Me troquei correndo e mano pediu um Uber pra eu fazer uma aula de tap. Só encontrei uma escola que tem tap e a aula é de sábado das 12h as 13h. No meio do caminho tava tendo escolta policiar e pararam o motorista que eu estava... Pelo que eu entendi faltava algum documento do carro pra ele poder rodar de sábado. Demorou uma vida até ele se resolver com a polícia e pelo que eu entendi ele deu dinheiro propina para a policia pra sair. Mas já era 12h05, eu ia chegar na aula como 12h20, é muito feio chegar atrasado na primeira aula!! Então pedi pra ele me trazer de volta.

Cheguei em casa e fui fazer meu planejamento de tap e escrever uma carta.

Me arrumei porque iamos comemorar mais uma vez o niver da Mo, num restaurante do Harry Potter chamado Incantatum. Fica na Av revolução e é tudo tudo característico do filme! Eu nunca assisti, mas achei muito legal!! As comidas são meio caras, mas o que eu pedi ficou barato: uma batata recheada $55,00 pesos e um milk shake $60,00.
Estava eu, Monique, Mondra, Diego (dou muita muita muita risada com ele, vou sentir muito sua falta!!), seu irmão, Diana e Zurita.
Comemos, demos risada, brincamos. O parabens foi "a la harry", muito diferente.

Viemos pra casa, assisti uma série com Efren e mama e dormi.

DIA 51 - patinação no gelo

Estava muito nervosa porque tinha duas provas e não estudei pra nenhuma, acordei morrendo porque dormi muito mal a noite por conta da diarréia, tava como sonâmbula. Os meninos (Krilin, Paco e Diego) dormiram em casa, então para ir para escola fomos todos amaçados no carro, eu fui dormindo kkkkk.

Primeira prova era de Nutriologia, matéria que eu menos gosto. Minha sorte é que era só alternativa!!! De 60 questões eu acertei 46, não fui tão bem mas foi o suficiente para fechar com 9 de média.

Corri terminar a prova de ginástica e fui pra sala de Lori. Eu tinha ensaio da apresentação de ginástica mas não fiquei porque era 11h00 e o ensaio era 13h, e eu estava morrendo de canseira.

Vim pra casa, dormi um pouco (2h), e fui me arrumar porque hoje que eu ia sair com o meu amigo. Fui até a universidade de uber (um transito lascado!) e lá o encontrei. Fomos pro shopping Buenavista. Comi BK (aqui não tem lanche vegetariano, então comi lanche sem hamburguer) e fomos patinar. Antes disso eu fui ao banheiro e ele me deu uma cartinha, nela estava dizendo que ele gostava de mim, que ele vai sentir minha falta, que gosta da minha companhia e coisas assim, no final falava "por favor não mude sua maneira de ser comigo depois disso. Me dê um abraço e seja feliz!". Achei muito fofo da parte dele fazer isso, saí do banheiro e dei um abraço dele.

Fomos patinar e não é que eu sou boa? Kkkkk Não caí nenhuma vez e ainda consegui patinar em uma perna só! Kkkk. Patinamos por 2h, comprei um sorvete e aí fomos embora.

Íamos dar uma volta em Zócalo mas estava tudo fechado já, aí fomos pra Coyoacán mas já era muito tarde (22:30), então pedi pra ele me trazer em casa. Viemos conversando no caminho sobre meus ultimos dias aqui, porque já esta acabando e tenho que desfrutar o máximo! Nos perdemos no caminho e o Waze mandou dar a maior volta do mundoooo!! Kkkkk.

Chegamos em casa, mandamos mensagem pro Mondra abrir o portão, nos despedimos e eu entrei pra casa.

Aguente a Mo e o Mondra me perguntando cada detalhe kkkkk foi muito engraçado, Mondra falava bravo como se fosse meu pai, e eu contava alguma coisa e eles começavam a criar uma cena como se fosse eu kkkkkkk, dei MUITA risada!! Fui dormir como umas 3h da manhã.

***

quinta-feira, 23 de março de 2017

DIA 50 - aniversário da Monique!

Não tinha vontade de acordar, porque tava muito fraca. Mas acordei com o Mondra entrando no quarto com um cupcake e uma velinha, com uma música tipo "parabéns" mas mexicano. Pensei "puts grila, eu queria fingir que esqueci, Mondra estragou tudo!!" kkkkk.

Não falei parabéns pra ela e fui pra escola (de uber) quase morrendo, mas fui. Na primeira aula era só pra pegar minha nota, e em biomecânica fiquei com 9 de média.

Fui ao desportivo lavar meu cabelo e depois Hector (trabalha na acm) me emprestou uma sala lá pra eu preparar minha classe de sapateado, mas de repente o Paco chamou no whats e disse que precisava falar com a gente urgente. Coração disparou!! A primeira coisa que passou pela cabeça era o Jorge ter falado com ele, mas não... Era só pra dizer que a gente tinha que falar para os professores entregar notas urgentes.

Voltei para sala que eu estava fazendo a aula e logo em seguida meu grupo de ginastica chegou pra gente ensaiar, resultado: não consegui fazer meu planejamento kkkk.

Depois do ensaio fui para enfermaria porque não estava bem, a médica disse que é por conta da pizza mesmo, como meu organismo não está acostumado com tanta gordura, ele não digeriu, por isso estou tão mal. Passou alguns remédios pra eu tomar e falou pra eu me hidratar muito e só comer coisa seca.

Nos reunimos na sala da Lori e fizemos uma super surpresa pra Monique, com bexiga, cartaz, bolo e etc. Arrumamos tudo e quando ela chegou, aaaah que surpresa!! É por isso que eu não queria falar parabéns pra ela antes, mas acabei falando, não aguentei kkkk. Aqui tem o costume de a aniversariante morder o bolo depois que canta parabéns, aí a Mo foi fazer isso e esfregaram a cara dela no bolo kkk.

Viemos para casa (Diego veio junto) e eu comi um pouco, arrumei o quarto. Os meninos (Mondra e Diego) ficaram fazendo comida enquanto eu e Mo no arrumávamos, porque iamos fazer uma janta especial de aniversário.
Quando desci para tomar banho Mondragon me mostrou uma mensagem no celular dele que uma pessoa pediu para ele se podia me convidar para sair. Eu fiquei roxa de vergonha, e tava todo mundo na sala (mama, Diego, Monique, mano) e todo mundo falando "ah não, ele é muito buena onda, diga que sim" etc etc. Eu aceitei, afinal, ele é só meu amigo, gosto dele mas como amigo.

Descemos a hora que o Mondra falou que estava tudo pronto e estava todo mundo aqui! Paco, Krilin, Lori y Mich, Diego, um amigo do Mondra que não lembro o nome, o Efrén com sua família, enfim, todo mundo mais próximo! Foi muito legal, teve karaokê, comemos o que os meninos prepararam, conversamos, demos risadas, enfim! No final eu já tava dormindo em pé porque ainda estava enferma kkkk

DIA 49 - ensaio para maratona de dança

Tive prova de ginástica na primeira aula e eu fiquei sabendo um dia antes só, então pra mim tava muito dificil porque o maestro perguntou muita data e afins, então ele viu que eu fiquei sabendo da prova um dia antes só e me deixou terminar a prova sexta feira. Esse maestro é demais!!!

Fui na farmácia comprar soro e gaetorade porque ainda estou com diarreia devido a intoxicação alimentar pela pizza de 4 queijos que comi segunda. Voltei para facul e fui ensaiar com a turma de ginástica, temos apresentação de uma coreografia na próxima segunda.

Estudei um pouco basquete, fui no mercado e fiz prova de basquete, terminei em 20min.

Encontrei Zurita e fomos tomar um sorvete, mas como estou enferma só pude tomar um picolé de limão, que vida triste sem chocolate D: kkkk.
Fizemos nossa inscrição na maratona de dança. É um evento que vai ter aqui quarta-feira, uma maratona de dança em par, você se inscreve e vamos dançar, ganha quem dançar por mais tempo sem parar (no último que teve o ganhador dançou 2h). O prêmio é um moletom da faculdade, quero muitoooooo, só me inscrevi pelo prêmio kkkkk.
Então fomos ensaiar, ele me ensinou alguns passinhos básicos de salsa e cúmbia pra que eu não fique perdida no dia kkkk.

Depois ele tinha que dar uma aula de ativação física, é como funcional, e eu comecei a fazer, mas passei mal no meio da aula, porque tava muito fraca, não tinha comido nada.

Fui pra sala da Lori esperar Mondra e Monique. Saímos e fomos no shopping procurar alguma roupa pra Mô, porque amanhã é o niver dela. Eu acabei comprando uma blusinha pra mim também, R$199,00 pesos, R$38,00.

Voltamos para casa de ônibus até um pedaço e o restante de taxi. Cheguei em casa e deitei, não tinha vontade de fazer nada, só de dormir (depois de ir 87283 vezes no banheiro).

Tomei banho e comi torrada. Arrumei minhas coisas e apaguei.

terça-feira, 21 de março de 2017

DIA 48 - vídeo da universidade

Fomos pra escola de uber, chegando lá comprei um café, mas não foi do tiozinho da rua porque todo mês tem uma terça feira que nenhum comércio abre, e era hoje, então comprei no mercado.

Tive prova de biomecânica e eu tinha muito medo porque ontem não estudei muito, tinha preguiça kkkk. Acho que fui bem, na verdade preciso ir bem, porque esses exames do segundo parcial contam nota pra mim, se eu não for bem minhas notas não validam para o Brasil.

No intervalo eu fui ao mercado comprar bolinho de queijo (como "pão de queijo") e um donut :9, comprei também um chocolate para Monique e um para Mondragon. Voltei pra universidade e escrevi uma cartinha pra cada um, porque ontem aconteceu algo aqui que eles ficaram meio tensos então eu queria mostrar que estou com eles para o que precisar.

Tive aula de avaliação do desempenho mas o professor só perguntou por grupo como estavam sendo as práticas com os niños, e os meninos que eu vou junto elogiaram bastante as atividades brasileiras!

Semana passada na aula de jazz do 8º eu falei para a maestra que se ela tivesse interesse eu poderia dar uma aula de tap para o pessoal, já que não tem aqui quase, mas falei por falar, achei que não ia dar certo. Hoje o vice coordenador me chamou e disse que na próxima segunda feira eu vou dar classe para as duas turmas do 8º!!! Que medo!! Pensei que não ia dar certo então estava muito tranquila. mas deu kkkkk.

Fiquei na sala de Lori e conversei muito com ela sobre os últimos acontecidos e minhas decisões, ela fez o mesmo de me contar, também está passando por uma fase de decisões.

Hoje Monique e Mondra iam sair depois da aula então eu fiquei conversando com Diego, algumas meninas da sala de nutrologia, etc até dar a hora do almoço de Lori. Comi na cafeteria mesmo e logo encontramos Balam, então fomos na rua em busca de uma loja de doce.

Não encontramos mas foi muito divertido, dei muita risada com Balam! Passamos no mercado comprar chocolate (já que não encontramos a loja) e voltamos para a universidade. Depois de comer, eu gravei um vídeo mostrando toda a universidade, fiz um tour, Balam me ajudou! Tive que parar algumas vezes de gravar porque minha barriga soltou pela pizza que comi ontem, então tive que ir várias vezes ao banheiro kkkk.

Para eu voltar para casa Lori chamou um uber pra mim, mas não encontrávamos o endereço da minha casa de jeito nenhum! Kkkk. Até que Lori colocou de um jeito que deu certo... Peguei o uber e cheguei num lugar que não conhecia quando ele disse que tínhamos chegado no meu destino kkkk socorrooooo, onde eu estava??? Falei pra ele que não era alí e dei um ponto de referência perto de casa, ele colocou no waze e chegamos. A partir de alí eu já sabia chegar em casa e fui guiando ele, graças a Deus cheguei!!!!

Tomei banho, estudei mais ou menos pras provas de amanhã, tomei água de arroz que a mama disse que é bom para melhorar a barriga e dormi.


segunda-feira, 20 de março de 2017

DIA 47 - viagem de volta + decisões

Chegamos na rodoviária as 8h00 e viemos de metrô pra casa, chegamos aqui 09h20. Comi, lavei roupa, atualizei o diário e estudei pra exames.

Sabe, as vezes temos que tomar decisões que não esperamos. Por mais dolorida que seja, ás vezes para o crescimento, a tomada de decisão é necessária. Isso aconteceu comigo essa semana/hoje, tive que tomar uma decisão que eu não esperava. Também não está sendo fácil para mim mas eu entendi o quanto essa minha atitude era necessária para crescimento, amadurecimento e independência de ambas as partes. Desde que cheguei aqui estou refletindo muito neste assunto, porque se passa muita coisa pela minha cabeça: oportunidade de voltar aqui para fazer mestrado, outro intercâmbio no próximo ano, fazer pós graduação ou não, novas amizades, e junto com tudo isso passa o desejo de ficar sozinha. De estar só para decidir o que quero, estruturar minha vida. Por mais que quem esteve do meu lado sempre me apoiou em tudo e nunca me proibiu de nada, eu percebi que para nosso crescimento essa fosse a melhor decisão, orei muito até decidir isso mas ví que esse era o momento certo. Mas a vida é uma roda gigante, a gente nunca sabe o dia de amanhã, pode ser que eu me arrependa, pode ser que não, pode ser que a gente se reencontre ou que ambos conheçam pessoas novas, enfim, não quero criar barreiras, só quero "curtir" minha necessidade do momento: de pensar em mim. Fácil não está sendo nem um pouquinho, não mesmo, mas necessário para vencer mais uma fase.

"Eu arrisquei, arrisquei meu coração, guardei meus sonhos e desejos mais devassos em uma caixinha e tranquei com sete chaves para tentar ser a menos errada possível. 

Mas eu não consegui deixar a minha vida de lado, não consegui deixar minha bagagem no caminho, as minhas pegadas continuaram comigo, todas as dores e mágoas que ganhei nessa minha vida de erros continuaram comigo, pois essa era eu, essa sou eu, um conjunto de derrotas e acertos, de medos e incertezas. "

DIA 46 - passeio para ver baleias e golfinhos

Acordei como 06h30 com o despertador e já me troquei. Esperei os dois acordarem com uma vista abençoada do mar.

07h30 descemos porque íamos fazer um passeio, o cara disse que era pra ver baleia e golfinhos, mas eu não acreditei muito. Enquanto dava a hora do passeio eu tomei um café mas não gostei, muito ruim kkk.

Entramos num barquinho bem mais ou menos que dava até medo de afundar kkkk tinha 15 pessoas e fomos até o fundo do mar, eu estava até mareada (com tontura) porque não tinha terra firme a vista, de tão fundo que tava! Ficamos um tempão parados esperando e eles disseram que era baleia que estávamos esperando. De repente eu vejo uma cauda e o "motorista" do barco acelera, MEU DEUS, ERA UMA BALEIA DE VERDADE!!!!!

Não sei explicar o que eu senti, mas ví uma baleia!!!! Tínha cerca de 10-12m, linda linda linda linda. Minha vontade era começar a falar baleiês com ela, mas meu irmão ficou com vergonha e não deixou kkkkk. Meu coração disparou, eu estava vendo uma baleia de verdade a olho nú, pertinho de mim!!!

Ficamos muito tempo atrás dela, depois eles foram mais pro fundo e de repente vejo o que??? GOLFINHOS!!! Muitos muitos, como uns 20, todos saltando coordenadamente, lindos demais!!!! Me emocionei mais ainda, nunca tinha visto pessoalmente, ainda mais tantos assim!!!! Meu coração disparou de felicidade!!

Na volta vimos mais baleias, era como 5 juntas e uma família: mamãe, papai e filho, eles "saltavam" juntos, muuuito lindos!!!!!! Mas essas estavam meio ariscas então não ficamos muito perto.

Fomos para outro lado, cerca de 4m de profundidade, e descemos no barco (todos com colete) com snorkel. UAAAAU, água limpíssima, e cheio de corais no fundo, que emoçãaaaaaaaao!!! Tava emocionada!

Voltamos pro barco e voltamos pra praia. Comemos no restaurante debaixo da nossa cabana e já tínhamos que desocupá-la. Pegamos todas as coisas e voltamos pra casa da cunhada dele.

Demos uns ultimos mergulhos em Zipolite e fomos ver a praia do amor. É uma praia escondida que saí da Zipolite onde as pessoas vão pra fazer amor. Bem estranho, não tinha ninguem fazendo, graças a Deus kkkk.

Voltamos tomar banho, passamos no comedor Alex comer e eu pedi sopes. Tivemos que ir de taxi até a rodoviária porque só tinha 30min e estavamos com muito medo de não dar tempo de chegar.

Onibus super confortável, saímos 18h30. Mais tarde em uma das paradas fazia muuuito frio!!


DIA 45 - praia Mazunte + Punta Cometa

Acordei umas 7h00 sozinha, com o barulho do mar, aaaaaah que delícia!!

Me troquei e fiquei esperando os dois acordarem. Eles iam pro centrinho procurar um shorts pro Mondra e enquanto isso fiquei tomando sol.

Tínhamos que liberar o quarto, então levamos todas as coisas de volta pra casa da cunhada dele e fomos para Mazunte, pegamos uma caminhonete até lá, é a praia vizinha.

Fomos no Centro Mexicano de la Tortuga. Essa praia é onde as tartarugas desovam, então tem um centro só pra cuidar delas. Tem aquário, bacias e tudo mais, é muito lindo de ver, não imaginava que tinha tanta espécie assim de tartaruga!

Fomos pra praia, que deliciaaaaaaaa!! Outro mar limpíssimo, água azul de tão limpa. Mas o mar estava muito bravo, levei vários capotes a ponto de derrubar o Mondra e a Mo kkkkk, nos divertimos muito, foi muito engraçado.

Paramos num quiosque pra tomar banho e o dono do quiosque falou que alugava cabanas, então já alugamos pra aquela noite. É muito bacana, é em cima do restaurante, uma cabana feita de madeira e palha, me senti num filme, muito top! Jajajaja.

Depois de tomar banho e alugar fomos caminhar até a Punta Cometa. É a extremidade da praia de Mazunte, uma pedra muita alta e grande que tem uma vista do pôr do sol fantástico. Caminhamos até lá (dá uns 4km) e ficamos esperando o por do sol. Meeeeeu, que animaaaaaaal, que vista fantástica!!!! Não sei explicar a energia que senti alí, mas o lugar é demais, demais mesmo!! Tinha muita gente e todos até aplaudiram quando o sol se foi, porque é emocionante!

Pegamos uma caminhoneta até a casa da cunhada pra pegar nossas coisas e levar na cabana que alugamos. Aproveitamos pra comer no comedor dela, comi tlayuda, uma comida típica, uma tortilha tostada enooorme e com recheio, amei!!

Fomos de taxi até a cabana (já estava tarde e não tinha caminhonete). A nossa idéia era sair a noite, mas estavamos tão tão cansados que tomamos banho e capotamos.

DIA 44 - chegando + playa Zipolite

Chegamos em Oaxaca ás 5h00 e as 6h00 saia uma van pra Pochutla, então pegamos ela! O caminho foi horrível, foram 7h de estrada, com uma serra infernal de dar ânsia kkkk, a gente passando mal e um calor da pêga! Depois de algumas paradas chegamos em Pochutla as 13h00.

De lá pegamos uma caminhoneta (é literalmente uma caminhonete que tampam em cima e a gente vai sentada nela, esse é o transporte público de lá, porque não tem ônibus), mais 40 minutos e chegamos em Zipolite, aleluia!! O calor continuava muito muito forte.

Fomos até a casa do irmão do Mondra (mas ele não estava, só a cunhada e os sobrinhos, ele está trabalhando num barco, é biólogo). A casa deles é bem simples, como casa de sítio, mas muito aconchegante! Os sobrinhos também são uns amores.
Nos trocamos e fomos até Zipolite procurar um hotel. Encontramos um lindo lindo, chama Estrella del Mar, um inteiro branco, parece grego, bem caro, $1200,00/noite (R$230,00), mas ficamos alí mesmo porque dividimos o valor. Voltamos pra casa da cunhada dele pegar as coisas e levar para o hotel, aproveitamos e comemos com ela.

Que praia maravilhosaaaaaaaaaaaaaa! Água limpíssima, dá pra ver até o pé! E é uma praia nudista, não é obrigatório ficar nú, fica quem quer. Eu não fiquei, no começo era bem estranho ver as pessoas nuas mas depois acostuma, é super natural, ninguém liga.

Ficamos muito na água, tiramos foto, enfim aproveitamos muito, a praia é maravilhosa demais demais demais demais, linda!!!

Entramos pro hotel pra tomar banho e ir no centrinho. O hotel também é maravilhoso, nunca me hospedei num tão chique hahaha.

Fomos caminhando pro centrinho, cerca de 15min e comemos pizza, que também tava boa demais!!

Voltando pra "casa" fiquei na sacada pensando na vida, resolvendo coisas no whats e dormi. Minha cama tinha uma janela com vista pro mar. Não tem dinheiro que pague dormir com aquele som!!

DIA 43 - viagem à Oaxaca

Fomos pra escola de uber e de novo chegamos cedo kkkk.

Minha primeira aula era biomecanica mas o professor falou que só ia quem quisesse, eu fui pra tirar dúvidas e estudar mas no fim nem ele foi kkk então fiquei conversando com um pessoal da sala.

Encontrei o Zurita porque ele perguntou se podíamos conversar, me pediu um conselho sobre a ex dele, tá bem confuso tadinho. Gosto muito de ajudá-lo porque gosto muito da amizade dele. Eles não se falavam há 1 ano e agora ela veio conversar com ele novamente... Faltoua gente conversar bastante coisa, ele disse que precisa me contar algo ainda, mas não deu tempo.

Fiquei conversando com Diego, Valéria e Diana e fui pra classe de avaliação do desempenho.

Voltamos pra casa correndo, arrumamos mochila, tomei banho etc porque 16h30 Efran passava pegar a gente pra ir pra rodoviária, hoje íamos pra Oaxaca, um outros estado que tem praia!!

Íamos pegar um onibus direto pra Pochutla, mas não tinha mais, só tinha pra capital Oaxaca ás 20h00. Então fomos comer com Efren/Lola/Bruno no Sambours e pegamos o ônibus.

Fui sozinha num banco e Monique e Mondra juntos atrás. Quase não consegui dormir porque a televisão ficava em cima da minha cabeça com um volume muito alto, que raivaaaaa kkkkk. Pouco antes de chegar consegui dormir!

DIA 42 - dormi a tarde toda

Fomos pra escola de taxi e chegamos muito cedo, como 06:15 kkkkk.

Tive aula de ginástica e ficamos ensaiando a coreografia que temos que apresentar. Depois tive hora vaga e não lembro o que fiz, acho que fiquei conversando Kkkk. Aula de desportes de conjunto 1 e já viemos embora pra casa porque estava chovendo e muuuito frio!

Eu tinha muuuito sono, cheguei em casa e a primeira coisa que eu fiz foi dormir. Dormi das 14h30 até 18h00, que delíiicia, com chuvinha ainda!!

Levantei, fiz quesadilla pra mim, café com leite e fiquei no computador de bobeira, falando com a minha mãe e alguns amigos daqui.

Só, não fiz mais nada kkkk.

terça-feira, 14 de março de 2017

DIA 41 - parque espejo de los lirios + outlet punta norte

Enquanto me arrumava eu até me maquiei porque hoje tinha apresentação na primeira aula.

Eu estava bem bem nervosa, com medo por conta do espanhol. Comecei a apresentação e consegui tudo tranquilo, pedi pra uma menina filmar pra mim. Falei tudo, todo mundo entendeu e elogiou, aaaaah que felicidade!! Mas ví o vídeo depois e percebi que falo espanhol com muuuito sotaque D:.

No intervalo fui lavar meu cabelo e conversar com a Rubi, a coordenadora de eventos esportivos da facul. Me ofereci para dar uma aula de tap se ela tiver interesse, porque dou no Brasil e aqui quase não tem, não é nada nada comum! Achei meio atirada da minha parte mas ela gostou da ideia e var falar com Paco.

Aula de avaliação foi tranquila, fiquei conversando com os meninos antes de entrar, me divirto muito com eles! Roque (o que ama o Brasil), Carlos, Zurita, um outro lá que eu nem conheço, Aldo e Otávio (os tramposos), é engraçado!

Saí da aula e Mondragon já tinha ido nos buscar, porque não foi a escola hoje, estava meio estranho, creio que cansado.

Fomos conhecer um parque natural chamado "espejos de lirios". Muito bonito, um ótimo lugar pra fazer piquenique, cheio de árvores, fresquinho e se escuta os pássaros.

Saindo de lá fomos na outlet punta norte de novo porque eu necessito de uma legging!!! Mas não tinha nada barato, então só tomamos yogurte e estávamos indo na casa de Javier comer, um amigo do Mondra que tem um restaurante.

Do nada, no meio do caminho o carro parou de pegar, desligou sozinho! Vimos tudo: bateria, óleo, gasolina e estava tudo ok. Chamamos o guincho e depois de 1 hora eles chegaram, Mondra concluiu que era a bomba de gasolina que queimou.

Viemos pra casa (eu e Mo dentro do carro no guincho kkk), fizemos tarefas, cozinhamos, Bruno/Efrén/Lola vieram aqui, brinquei com Bruno e conversei com eles, tomei banho e dormir.

Ainda to muito muito reflexiva. Penso que as vezes a vida toma caminhos diferentes do que a gente planeja, diferentes das pessoas que somos mais próximas.

segunda-feira, 13 de março de 2017

DIA 40 - parque de los venados

Aula no mallorca, aula de ginástica e foi muito boa! Depois fui para clase de dança com o 8º e foi fantástica! A maestra convidou uma bailarina profissional de jazz pra dar aula pra gente e foi muito muito boa, passou aquecimento+alongamento, diagonal e sequência, todo mundo se divertiu muito, eu amei demais, muito mesmo!

Tive prova prática de basquete e depois tomei um banho lá mesmo. Fiquei conversando com Brenda e Pam sobre uma maratona de dança que vai ter pra gente participar e de repente o Zurita chegou, fiquei muito sem graça porque ele e a Brenda são ex e eles não se falavam desde que terminaram (como há 1 ano) e começaram a conversar lá e eu no meio kkkk. Ela foi embora ele nós dois ficamos conversando, falamos sobre ele e ela, sobre algumas meninas na facul que eu não gosto muito e muitas coisas. Fomos também jogar ping pong e eu sou muito ruim kkkk. Quando deu 15h fomos embora, porque até essa hora ele tava fazendo serviço social lá.

Conhecemos um parque natural aqui, tipo uma praça, chamada parque de los venados, gostei muito! É tranquila, fresquinha, barulho dos pássaros, tomamos um sorvete e ele me deixou nas práticas com os niños. Viemos o caminho todo ouvindo música alta e cantando kkkk.

As práticas foram dificeis, eles não queriam muito fazer nada, mas no fim deu certo.

Mondra e Monique me buscaram, viemos embora, passamos numa sorveteria antes que é muuuito boa! Santa Clara, mas só no meu sorvete eu paguei $93,00 pesos, muito cara kkkk.

Viemos embora, fiz tarea e escrevi aqui.

Passando por uma explosão de sentimentos, mil coisas na minha cabeça e decisões a tomar.

DIA 39 - pirámides de Teotihuacán

Acordei 7:30 sem despertador (era pra ter acordado as 7h00 mas dormi antes de por o despertador kkkk), tomei banho correndo e me arrumei porque íamos para as Pirámides com Paco (coordenador).

Encontramos ele no centro, antes passei comprar um café (frapé de mocha, me gusta mucho) e fomos. Conversamos o caminho todo e ele tava legal, conversamos sobre carreira profissional e eu já tenho um novo sonho: fazer meu mestrado aqui! É sério!! Conversamos muito sobre isso e tem uma universidade pública aqui (politécnica) que tem o mestrado que eu quero (ciência do esporte), Paco falou que quando a gente voltar ele nos ajuda conseguir um emprego que ganhe o suficiente para viver aqui e também nos hospeda em sua casa por um tempo se precisar. Fiquei MUUUUITO empolgada!
Em contrapartida perguntamos pra ele se havía a possibilidade de extender nosso intercâmbio e ele disse que não :( porque já estamos aqui e não é algo que ele já tinha combinado com o Jorge.

Chegamos nas pirâmides, não sei explicar o que sentiiiiiiiii! É enoooooooorme!!! Aqui no México há várias cidades com pirâmides, essa fica na cidade de Teotihuacán, é a maior cidade pré espanica que existe, os tetihuacanes são um povo que veio antes dos astecas (só teve uma civilização antes dos tetihuacanes) e sumiram todos sem ninguém saber o porque, não se sabe se foi fome, seca, chuva, mas sumiram! Encontraram as pirâmides todas com terra e grama em cima já e começaram a escavar e aí encontraram as pirâmides e restos das habitações deles. Tanto é que elas eram todas coloridas antigamente, com várias cores e cheias de pedra obsidiana, mas hoje em dia não tem mais cores direito. 

Há três pirâmides: a da Quetzalcóatl, que é a da serpente emplumada. Os olhos dela são dessa pedra obsidiana, muito muito linda! E é a menor, mas envolta de todas tem pedaços das habitações deles, onde eram os quartos. Também tem a pirâmide do Sol, é enooooooorme, as pessoas parecem formiga comparado a ela, e a piramide da Lua, que é um pouco menor que a do sol, mas linda demaissss!! Eles subiam para adorar os deuses nas pirâmides, e há lugares onde faziam sacrifícios, e coisas do tipo. Dizem que para construir as pirâmides eles sacrificavam alguns corpos que eram enterrados nas próprias pirâmides, conforme ela ia sendo construída. Mas tem tanta coisa escondida ainda, que até hoje eles estão escavando e descobrindo túneis por debaixo da terra, é fantástico!!!

Primeiro fomos na pirâmide da serpente e depois na do sol, mas na do sol tinha muuuuuuita fila, então resolvemos ir na da lua primeiro. LINDA! Quando estávamos voltando para ir na do sol, começou a chover e tivémos que ir embora kkkkk. Mas no meio do percurso conhecemos outras coisas que tem lá e eu comprei chaveiros, uma bolsa (era $150,00 pesos, a moça abaixou pra $120,00 e fez pra mim por $100,00 kkkk aqui é tudo assim, na barganha!), uma miniatura da pirâmide para colocar na minha penteadeira e um colar com a pedra obsidiana, é fantástico, você olha com ela para o sol e pode vê-lo todinho.

Fomos almoçar em um restaurante e experimentei várias coisas típicas daqui:

Paco nos trouxe de volta pra casa, lavei meu tênis, falei com minha família toda, passei fotos pro computador e dormi. 

DIA 38 - festa de 15 anos

Acordei e já fui me banhar porque tinha uma aula de sapateado pra fazer!!! É muito raro sapateado aqui, quase não tem!! Então quando achei essa fiquei muito muito feliz. Coloquei meu collant da Evidence e um shorts, gostei muito da combinação.

Passei o endereço que eu tinha salvo no meu celular pro Mondra e fomos. O waze nos deixou num endereço que não era mais, eles mudaram de lá, mas peguei no facebook e fomos para o endereço atual. Chegando lá levei um susto: falei pra dona da escola que ia fazer aula de tap das 12h as 13h e ela disse que não tem tap!!!! Resumo da história: pesquisamos tantas escolas na quinta que eu confundi os endereços, aí que raivaaaaa, nunca encontro escola de tap, quando encontro ainda faço isso!! D:

Mondra me buscou, Monique e eu compramos bolacha e bolinho no mercado e íamos comprar ingressos pra ir assistir um jogo no estádio Asteca, mas cancelaram o jogo. Fomos pra casa, me arrumei e fomos para uma festa de 15 anos da irmã de uma vizinha do Mondra.
Era num salão também, igual aqui! De comida tinha um negócio tipo feijoada, arroz (muito bom), carnitas, tortilha e vinagrete. Tínha também uma mesa de doce mas quando eu fui pegar só tinha Mazapan.

A aniversariante estava já com o vestido de debutante e havia banda tocando, banda mexicana. É muito barulhenta mas é legal hahaha e eles fazem dancinhas todos sincronizados.
Teve vídeovida e então começou a cerimônia: não tem 15 pares, é sempre 4 ou 6 ou 8 meninos e a aniversariante faz uma dança muito “xoxinha” com eles rs, só andam e giram. Depois a aniversariante fica no meio dos meninos e vão chamando os homens da festa que querem homenagear: pai, irmão, tios, primos, amigos próximos, todos!

A aniversariante se trocou e dançou algo como se fosse pra abrir a balada, com os mesmos meninos, mas com música típica daqui. Voltou com o vestido de debutante e foi a balada, muito divertida, tocou várias músicas e inclusive uma típica daqui: payaso de rodeo jajaja. Monique e Mondragon foram dançar e me chamaram pra eu ir junto mas eu achei que não devia, eles até me acharam estranha por não ir mas eu achei melhor não rs.

Deram chinelos (tipo pantufa) de lembrancinha, uma barbie com a mesma roupa da aniversariante e balinhas.


Viemo embora, eu me arrumei pra dormir  e capotei.

sábado, 11 de março de 2017

DIA 37 - trajineras

Mondra não ia porque tinha enxaqueca e Monique também não porque ia pro comitê olímpico com sua sala. Eu ia com a Fernanda mas ela passou mal e não pode ir, então mama chamou um táxi pra mim e deu tudo certo kkkk. Tive as 4h de nutriologia mas foi mais de boa porque finalmente ela deu sobre dieta!! Então eu fiz alguma coisa! Depois da aula fiquei conversando um pouco e fui nadar. Meu rendimento não tá bom, consegui só 750m em 45min, no Brasil eu tava nadando 200m a mais! Mas tudo bem, fui tomar banho, lavar  e secar o cabelo. Fiquei esperando Mondragon ir me buscar e conversando com a Lori (ela ganhou um intercâmbio pro Canada mas ninguém sabe ainda pq recebeu a resposta hoje!!!), Obby, Paco e Diego. Mondra chegou e fomos pras trajineras: nós três + Diego e algumas pessoas da facul já estavam lá. Estava um trânsito lascado, demoramos como 2 horas pra chegar. Quando chegamos a primeira impressão que eu tive eu não gostei. Muita gente bebendo e fumando (aqui é muuuuiro normal, todos bebem e fumam), mas enfim. Pegamos uma trajineira com umas pessoas que a gente nem conhecia pra ficar mais barato e as pessoas da facul que foram não são pessoas legais, então eu tava bem afastada deles rs todos fumando e bebendo, não gosto disso. Más cercanos conversar com as meninas e elas são gente boa, perguntaram muito do Brasil, eu fiquei admirando a paisagem (que é linda), fiquei pensando muito e refletindo sobre umas coisas que passam pela minha cabeça, dançamos um pouco, tiramos foto e já tinha que ir embora porque já deu as 2 horas. Na volta o "abacaxi" veio com a gente e viemos tirando muuuuito sarro dele sem ele saber nada, ele até falou abacaxi kkkkkkkk. Mas ele é muito chato, não via a hora dele ir embora!  Deixamos ele e Diego e fomos comer pizza, eu tava azul de fome, não comi praticamente nada o dia todo! Comemos pizza hut, vim pra casa, nem fiz nada e capotei.

quinta-feira, 9 de março de 2017

DIA 36 - aula de jazz

Hoje era pra eu ter uma apresentação de trabalho, de biomecânica, então de manhã eu até me maquiei kkkkk. Mas chegando na aula não deu tempo de eu apresentar, fiquei pra terça feira, estava muuuuito nervosa! Depois da aula encontrei Paco e ele me levou até a sala da Rubi pra ver as suladeiras/moletom, mas ela falou o preço normal, ou seja, não vai ter desconto e nem presente pra gente kkkk. Depois da aula viemos pra casa mesmo, não fizemos nada. Eu fui fazer tarefa mas tava quase dormindo, então não fiz nada, fui pro quarto e cochilei 1h30 kkkkk. Acordei e fui me arrumar porque eu tinha aula de jaaaaaazz pra fazer!! Uhuuul. Fui com meu collant da evidence. Mas antes de ir eu e Monique gravamos um vídeo pra Jorge  dizendo que estamos gostando muito daqui, falando como estão sendo as aulas, vida e tal perguntando se não tem a possibilidade de ficar mais, porque estamos gostando muito rs. Cheguei lá e a academia é bem grande! No vestiário todas foram muito muito receptivas comigo, uma delas estuda português na universidade e queria conversar, tiramos foto, enfim, são muito gente boa!  Fui pra aula, o professor chama Charly D, um amoooor de pessoa! Me tratou bem demais, conversou comigo, tiramos foto, demos risada, ele filmou a sequência e disse que vai me mandar, enfim, gente boa demais!!  A aula foi uma deliciaaaaa! Aquecimentão com alongamento, paradas de mão, diagonal com uma sequência linda, amei muito, me senti realizada!  Como só tenho mais 25 dias aqui, eu só poderia fazer mais 4 aulas, me cobraram $700,00 por essas 4 aulas, não sei ainda o que faço. Lola passou me buscar porque Mondra tava com enxaqueca, viemos conversando no caminho e ela tá passando por uma fase nova de sua vida, deixou o emprego de 7 anos porque só vivia pra ele, então agora tá sendo tudo novo mas com aquela insegurança de se vai dar certo ou não. Nós perdemos o caminho porque o GPS travou mas deu certo e chegamos kkkkk. Jorge respondeu!!! Falou que há possibilidade mas ele nao quer criar expectativa na gente, ia falar com o Massari. Impossível não criar expectativas!!!  Vim pra casa, tomei banho, fiquei enrolando no celular e fui dormir 1h30.

quarta-feira, 8 de março de 2017

DIA 35 - museu de cera + riplay

Acordamos muuuito atrasados! 06:20, geralmente saímos de casa as 06h, pulei da cama, mal me troquei e fomos, só cheguei 10min atrasada.

Na aula de ginástica temos que fazer um trabalho: uma apresentação daqui DUAS SEMANAS :O! Na hora de escolher músicas eu mostrei algumas brasileiras e a que eles escolheram pra gente dançar bumbum granada jajajaja amei!! Ensaiamos um pouco e já ví que vai ser dificil.

No meu intervalo fui até o mercado, comprei bolinho/pão de queijo (é um pão redondo com filadélfia dentro kkkk) e um donuts muito bom!! Voltei pra facul e lá pedi um frappé, esse foi meu desayuno. Enquanto eu comia chegaram umas ticas da minha classe de avaliação do desempenho e ficamos conversando, falei para elas que no Brasil comemos arroz e feijão TODOS OS DIAS! Todos aqui se espantam quando digo isso, falam que não conseguem comer a mesma coisa todos os dias, que enjoam muito rápido kkk como era 12h e pouco no Brasil eu chamei minha mãe no whats por chamada de vídeo porque ela estava fazendo almoço, aí mostrei pras ticas o nosso arroz e feijão kkk. No fim das contas elas foram embora e eu fiquei todo meu intervalo conversando com minha mãe e meu irmão, até ir pra aula de esporte de conjunto.

Saí da classe e fiquei conversando com Diego (primo de Lori) e Zurita, porque Mondragon e Monique saíram tomar sorvete. Teve uma hora que fiquei com muita vergonha! Diego me perguntou sobre o "abacaxi", o menino que fica atrás de mim na facul e eu não entendo NADA que ele fala (é bem engraçada essa história), Diego falou: "ah Vika, e aquele menino que gosta de você aqui da facul, que não desgruda?" aí Zurita do nada falou "sou eu!" kkkkk eu fiquei vermelha de vergonha, ele falou brincando, é claro.

Zurita ia conosco no museu de cera mas tinha que dar uma aula até 14:45, então enquanto eu esperava ele fui fazer bike, pedalei 5km. Encontrei Diego de novo e fomos comer: quesadilla frita!!! Hmmmm, gosto muito!! Voltamos e logo já saímos, fomos eu, Monique, Mondra e Zurita.

O museu é pertinho da faculdade, como 20 minutos. Pagamos $149,00 pesos pela entrada do museu de cera + museu Riplay, um museu de coisas inéditas que tem aqui junto com o de cera.

Amei demaaaaaaaaaais!! Nunca tinha ido num museu de cera porque não tem no Brasil, me encantou muito!! É muito real, parece que eles iam olha pra gente e sair falando hahaha, é identico mesmo! Só o Justin Bieber que não tinha NADA a ver com o real!! Kkkk. Mas é impressionante, amei demais e tirei foto com vários famosos kkkk.
É dividido por salas, como a sala de autoridades políticas do Mexico, atores do Mexico, artistas pops, esportistas, desenhos, séries, coisas assim. Tirei foto com o Chavez (♥♥♥♥♥), Bonu Vox, Lady Gaga, Bolt, Ronaldinho, enfim vários kkkk amei demais, super recomendo!!
No final do museu você desce e também há uma parte de terror, são estátuas de cera de terror, assusta muito, quando você menos da esperando uma estátua grita, outra se mexe, é engraçado e impossível de não lembrar do filme "a casa de cera".
Saindo do de terror tem um labirinto de espelhos, bem pequeno mas muito legal, confunde bastante kkkk.

Saindo do de cera fomos para o Riplay, é muito legal! Conta histórias que você não imagina que não verdades, é um museu de curiosidades muuuuuuito legal! Fala de coisas e tradições dos antepassados, de costumes exóticos que algumas partes do mundo tem (como as chinesas que alongam o pescoço e diminuem o pé), do homem mais alto do mundo,
O mais divertido nesse museu foi uma sala que tinha um corredor parado onde tínhamos que caminhar, mas toda sua volta era colorida e rodava, o que fazia com que você perdesse os sentidos quando andava, parecendo que o corredor se movia de um lado pro outro, faz a gente caminhar igual bêbado, trançando as pernas, eu quase caí! KKKKK. Uma hora o Zurita foi sozinho e eu fiquei vendo, é muuuuito engraçado kkkkk, mas ele ficou malzão porque ficou com tontura e enjoado kkkk. Vale a pena demais!!!

Quando estávamos no caminho pra deixar Zurita na estação de metrô, no meio do trânsito o carro do Mondra acabou a gasolina, ele não viu que estava com pouca!! Como estávamos numa avenida, eu fui no volante e Mondra e Zurita empurraram o carro até uma rua mais calma. Mondra ligou para Efrén ir levar gasolina pra gente e depois foi dar uma volta com Monique por lá, eu fiquei no carro com o Zurita, ficamos conversando e ouvindo música.

Depois de 1 hora mais ou menos Efrén chegou, colocou gasolina e aí o carro funcionou! Zurita se foi pro metrô e nós fomos na casa de Efrén jantar. Provei sopé (uma massinha muito boa com alface, queijo e creme) e pambazo (um pão feito com molho de tomate e queijo, alface e creme de recheio), gostei muuuito! Conversamos muito com Efrén sobre as diferenças do Brasil com aqui (nomes, gírias, sotaques, etc) e brinquei com o Bruno (filho dele).

Cheguei em casa 23:45, tomei banho, fiz tarefa e dormi como 01:30

terça-feira, 7 de março de 2017

DIA 34 - museu Frida Kahlo

Tive aula, biomecânica muita tarefa como sempre. No meu intervalo fui procurar o reitor Baqué pra dar um recado do Massari (pedir pra ele responder um e-mail), lavei meu cabelo, sequei e fui pra aula de avaliação do desempenho.

Antes do professor chegar conversei mais com os meninos (incrível como até aqui tenho mais amizade com meninos kkkk), e eles agora está mais legal, conversamos bastante, eles não tem mais vergonha e nem medo do Mondragon kkkk. Fiquei zoando o Roque porque ele fala que Brasil é ruim, que usa a camisa do Brasil pra limpar o chão e coisas assim kkkkk.

Depois da aula fomos para o museu de Frida Kahlo. Aaaah, eu gostei muito!! É na casa que ela e seu esposo, Diego Rivera, moravam, não sei explicar a sensação de estar nesse lugar, ficava imaginando todas as histórias que ela já não viveu ali! A casa é gigante, um jardim lindo demais!!!

Não conhecia sua história mas gostei muito! Ela teve poliomielite quando criança, o que fez com que uma perna dela fosse menor que a outra, por isso ela usava sapatos de salto (um maior que o outro), pra igualar sua pisada/tamanho. Com 18 anos ela teve um acidente de carro ou ônibus (não lembro) o que danificou muito sua perna, chegou até perfurar seu útero (por isso não teve filho), e precisou amputar a perna direita por necrose. Para esconder seu corpo ela acabou desenvolvendo seu próprio estilo: usava saias largas e muitos acessórios na parte de cima para que chamasse toda atenção e ninguém visse suas pernas.
O museu tem várias roupas e acessórios dela mesmo, que ela usou e encontraram na casa, então guardaram. Também mostra um pouco da história dela com seu esposo, Diego, um amor sem igual, sem fim, sem pré-conceito, sem esteriótipo ♥.

Pagamos $40,00 pela entrada, vale muuuito a pena, a casa é bem grande e linda! E junto vem incluso um ingresso pro museu do Diego, ainda não fomos.

Passamos na subway comer, aaaaah que vontade eu estava!! Então fomos para cineteca de novo para assistir La La Landa. Chegamos era 17:30 e a sessão era só 20:30, mas compramos e fomos pro carro esperar o tempo. No fim das contas resolvemos voltar porque estávamos todos cansados e Monique um pouco estressada, ia acabar muito tarde o filme.

1h de trânsito até em casa, tarefa até muito tarde e dormi.

DIA 33 - Cinetica Nacional + Kiosco Morisco

Despertei bem e sem sono, mas com uma preguicinha de levantar, tava tão gostosa a cama! KkkkSeparei nosso almoço (marmita pra nós 3 de arroz e feijão) e meu desayuno foi Yakut e uma torrada. Estávamos indo pra faculdade quando Mondra lembrou que hoje não é na unidade Ejercito, é no Mallorca kkkkk estávamos indo pra Ejercito, mas colocou no Waze e deu certo, pela primeira vez chegamos adiantados pra aula no Mallorca! Kkkkk Fui pra aula de ginástica, amo muito! 💚. Treinamos parada de mão, parada de mão com rodada (cambalhota), acrobacias em dupla/trio/quarteto/cinco. Saí da aula, encontrei Monique e hoje não ia ficar na aula de dança do 8º porque tinha muita tarefa (ainda tenho). Fomos conversar com Paco sobre hoje porque ele tinha nos convidado pra treinar com ele, mas pediu pra Mondra nos levar porque tinha algumas coisas pra fazer antes, aí ele nos mandava o endereço e Mondra levava. Aliás, Paco é muito atirado rs, colocou a mão no meu ombro enquanto conversávamos e disse "nossa você está caliente" (sem malícia) e depois percebeu o que falou e disse "hmmm, está muy caliente, hmmm Vitória", aff kk. Fiquei fazendo tarefa no intervalo e Monique e Mondra foram ao médico porque ela não está bem, alguma infecção no intestino. Fui pra aula de basquete e foi boa, consegui jogar melhor e fiz duas cestas. Também levei uma bolada no nariz e achei que tinha quebrado, tá doendo até agora.  Encontrei Zurita, o menino que me dá carona até Coyoacan e ele me fez uma proposta, falou que se eu quisesse ele podia me levar conhecer o Centro Nacional das Artes antes de ir pra Coyoacan, é ali perto. Eu disse que sim, claro, um lugar a mais pra conhecer. Passamos na casa dele avisar seus pais que estávamos saindo e fomos. É muito lindo!! É uma universidade gigante, só de artes e cada arte tem sua escola separado: música, esculturas, dança, teatro, etc. mas não pudemos entrar em nada porque é só pra estudante, só pudemos entrar no teatro em uma aula de combate teatral, muuuito legal! Conversamos com algumas pessoas do teatro e eles falaram de algumas apresentações que vão ter, nos convidando.  Voltamos e ficamos sentados numa área arborizada de lá, muito gostoso pra fazerem piquenique, conversar, pensar, refletir, me gostoso mesmo! Tive a oportunidade de conhecer mais Zurita, ele é uma pessoa muito boa, quero muito ele como amigo já!  Fomos pra Coyoacan mas como era cedo ainda, fomos comer o famoso churros de lá, ele já tinha me falado muito dele! Comi de Hersheys, $20,00 pesos mas o Zurita que quis pagar. Puts grila, que churros bom, melhor que o de nutella!!  Ficamos caminhando por lá conversando e falamos sobre a faculdade, diferença do Brasil, comida, ele contou da ex namorada dele que é da facul, o que ela fez pra ele, enfim, ele é muito querido!  Ele também quis tomar um sorvete e eu pedi de Omerland, que são 4 chocolates juntos, mas pedi um chico, $30,00 mas ele que pagou também. Passamos em frente a um restaurante muito bonito que ele falou pra gente ir comer na segunda!!  Já era 16h então me deixou nas práticas com os niños. Aaaah, Coyoacan me encanta, não importa quantas vezes eu já tenha ido, é lindo demais!! Hoje as práticas foram mais pesadas, tinham 6 crianças e elas estavam bem agitadas! Mas deu tudo certo. Mondra demorou um pouco pra me buscar por conta do trânsito. No fim não fomos com Paco porque ele não nos mandou o endereço.  Fomos conhecer a Cinética Nacional, uma área só dedicada á cinema aqui! Fazem alguns filmes aqui, tem um cinema muuuito mais barato (como R$6,00!), fazem projeção de filme ao ar livre... muito legal!! Mas a hora que fomos os filmes já tinham começado, então só conhecemos o lugar. Fomos depois para o Kiosco Morisco. É um "quiosque" numa praça daqui que é muito lindo! É feito com uma estrutura indiana e as pessoas vão lá pra conversar, fazer piquenique, enfim. Comemos, ali na praça também, crepe! É diferente o daqui, eu comi de queijo com molho de tomate em cima, e também pedi um milk shake. Gostei muito! Passamos no mercado, comprei desodorante e fomos pra casa. Fiz tarefa, tarea, tarea, tarea

domingo, 5 de março de 2017

DIA 32 - PIB - igreja

Acordei umas 9h e fiquei enrolando muito na cama. Varri o quarto e nosso espaço em cima (banheiro, corredor, área) e estendi roupa.  Tomei banho e coloquei outras roupas pra lavar. Me troquei e fomos comer, comida a brasileira: arroz, feijão, salada e ovo 💚💚 que saudade!! Lavei louça, fiz um limpa na geladeira e estendi mais roupa.  12:30 Fernanda da minha sala nos passou pegar porque íamos na igreja dela, Aaaah que saudade de ir na igreja!! Ela vai em uma chamada PIB - primeira igreja batista. É enooorme! Todos muito bem vestidos. Ganhamos um dvd logo que entramos, eles colocaram um adesivo colado na camiseta dos visitantes, dão um papel pra gente preencher e dão um folheto com todo o roteiro do culto.  Começou o louvor, muito muito lindo! Começou um segundo e o pastor veio ministrar a santa ceia, tomamos (sem explicações eu ir e bem nesse dia ter santa ceia 💚) e terminou o segundo louvor. Teve algo como uma interpretação que eu não entendi muito bem kkkk um cara dentro de uma cela falou algumas coisas, saiu da cela, falou outra e saiu kkkk.  Começou a palavra e eu gostei muito! O pastor é bem dinâmico e não tem como não entender! Falou sobre a gente se vestir de amor, Colossenses 1.12-17. Foi muito bom, gostei muito muito! Algumas coisas ele falava muito rápido e eu não compreendia e é engraçado que no folheto com o roteiro do culto, além de ter a palavra e os versículos escritos, tem umas lacunas pra você ir preenchendo conforme o pastor vai falando. Terminou com uma oração, aí subiu um casal pra ministrar os dízimos e sobre os jovens missionários e eles finalizaram. Fer nos trouxe pra casa de volta, nos trocamos e Michel, namorado de Lori, chegou pra buscar a gente. Hoje aqui comemora-se o dia da família, então Lori nos convidou pra comer com a família dela. Passamos na faculdade buscar ela, na sorveteria pra comprar sobremesa e fomos pra casa. Amo a família dela, nos tratam muito bem!! Comi crema de chayote (como creme de xuxu), pepino e jicama, quesadilha de queijo, batata frita e suco de morango. De sobremesa foi sorvete de noz com chocolate. Ficamos jogando loteria (é tipo bingo mas de imagens) e depois jenga! Experimentei licor de anís com mel, era pra tomar de golinho em golinho e eu não sabia, virei de uma vez kkkk mas experimentei bem bem pouquinho. Viemos embora, dobrei as roupas que recolhi e chamei duas amigas no FaceTime que eu estava com muita saudade! Monise e Gabi 💚💚.  Mama me perguntou se eu subi de peso e simmmm 😩😩😩 já engordei dois kilos aqui e não me sinto nada bem por isso, já sou complexada com peso, engordando aqui então... eles comem muita massa e não tem hora pra comer! ☹️☹️

sábado, 4 de março de 2017

DIA 31 - quermesse YMCA + baby shower

Acordei com Mondra se despedindo porque estava indo pro acampamento, é sua graduação dos líderes. Depois acordei as 8h e fui me arrumar porque hoje era a apresentação na quermesse da YMCA de Iztacalco.

Fomos de uber até a universidade e lá encontramos Rubi, Zurita e um outro menino que ia dançar com a gente. Fomos de van da acm até Iztacalco, fomos conversando no caminho e foi bem legal.

O estaço lá é bem pequeno, a acm atua conforme a necessidade do município e lá a acm é uma escola infantil! A festa foi no pátio da escola, então tava cheeeio de gente e muita coisa pra comer sendo vendida. Encontrei dois meninos da minha sala e fiquei com muita vergonha de dançar sabendo que eles estavam lá kkk.

Primeiro começou um menino a dançar um solo improvisado, porque quem ía dançar furou com a Rubi e não foi. Depois que ele terminou começou nossa música e era como um flashmob, a gente começava a andar e se posicionar no lugar e aí começamos a dançar. Foi muito legal, todo mundo gostou!!
Assim que terminamos essa coreografia, começou uma música que só dançava eu e Monique: um samba! Começou brasileirinho e nós tirávamos a camiseta da faculdade porque embaixo estávamos com a do Brasil, e também soltamos o cabelo, aí começamos a sambar!
Era só 30s de brasileirinho e começava uma outra música, uma coreografia de zumba de samba que ensaiamos só ontem kkk. Foi bem legal e todo mundo gostou!! Minha garganta secou por ser uma atividade aeróbia aqui (devido a altitude).

Eu queria muito muito comprar umas camisetas coloridas escrito "YMCA México" que me falaram que vendia na quermesse, mas não tinha lá pra vender, só os voluntários que ganhavam uma :(. Mas o Zurita falou com a responsável pela festa que nós somos de Brasil e queríamos muita e ela nos deu uma camisetaaaaaa!! *-----*, muito feliz!!

Voltamos pra faculdade e eu conheci a Cecília, minha priminha que nasceu ontem por FaceTime ♥♥♥.

Fomos com Lori pra sua casa, de lá fomos pra um "mercado" que acontece todo sábado, é igual a nossa feira, igualzinha! Muito legal, comprei uma água de laranja de 1 litro por $12,00 e uma quesadilla de queijo com algum mato refogado que eu não sei o nome kkk.
Voltamos para casa e fomos para casa de Mich, namorado da Lori, porque era chá de bebê da irmã dele.

Não foi tão animado quanto a despedida de solteira mas foi bem legal! Comi tostadas, sopa de batata, alface, queijo, enfim. Todos foram muito receptivos com a gente e ficamos lá das 16h até as 20h30.

Lori nos trouxe pra casa, coloquei roupa pra lavar, tomei banho e agora vou dormir.

sexta-feira, 3 de março de 2017

DIA 30 - museu Universum, múseu das ciências

Não ouvi o despertador tocar, só a Monique me chamar... que difícil levantar, eu estava quebrada!! Me arrumei rapidão e desci, mas não tive pique de tomar café, fiquei dormindo no sofá até dar a hora de sair.
Mondra não tem aula hoje mas nos levou, e eu fui dormindo o caminho todo.

De sexta minhas aulas são só de nutriologia, todas!! São 4 horas seguidas de aula!! 😩. Eu não gosto porque no Brasil nessa matéria a gente aprende a fazer dieta e coisa do tipo, aqui é bioquímica, e como ainda não tive bioquímica no Brasil, não entendo nada! E a professora não é boa, a formação dela é em fármaco e da essa aula!

Ela deu 10min de intervalo e eu fui comer. Comprei meu café de todo dia na rua e um pãozinho. Me deu vontade de comer chocolate e fui no mercado, peguei aqueles esticadinhos de kinder, o pacotinho com 6, mas encontrei dois meninos da sala lá e eles quiseram pagar pra mim.

Voltei pra sala e era uma atividade pra entregar. Fiz mas ainda tinha 1h30 de aulaaaaa 😩😩. Eu tava com sono e estressada, então me espreguiçava, comia um chocolate, bebia água, tudo pra não dormir.

Aula acabou (aleluia) e eu fui nadar. Fui no banheiro antes e meu intestino soltou de novo ☹️. Nadei 45min só mas como meu corpo tava cansado eu não rendi muito e nadei 550 só.  Tomei banho correndo, lavei o cabelo e fui encontrar Monique.

Um casal da sala dela nos convidou pra ir numa exposição sobre o cérebro dentro de uma universidade chamada UNAM. Fomos depois da aula, achávamos que ele tinha carro mas não, então fomos de ônibus. Pegamos um ônibus em frente a facul e fomos até Hidalgo (os ônibus são 6 pesos mas não tem catraca, tão pouco fiscal, você só deposita o dinheiro em uma "urna". E estava bem vazio, acho que pelo horário). Lá pegamos um metrô até Universidad (também estava bem vazio) e descemos dentro da UNAM - uma universidade pública gigante aqui (como a USP pra gente). 

Lá dentro da UNAM pegamos um ônibus (gratuito) pra ir até o CU (centro universitário), mas descemos no lugar errado e tivemos que ir caminhando kkkk. Paguei $52,00 pesos (R$10,00) pra entrar no museu Universum (museu de ciência) e fomos direto pra sala do cérebro.  Uaaaau, que lugar animal!! Muito muito grande. Não sei explicar como é lá, mas mostra vários estudos e informações feitas com o cérebro de forma dinânica e atrativa.
O nome da exposição é O cérebro, nossa ponte com o mundo. "O cérebro é o diretor da nossa vida. Este corpo nos permite sentir, pensar, imaginar, mover-se, aprender, conversar e muito mais.
Nesta sala podemos entrar em contato com o complexo e maravilhoso campo das neurociências. Se explica com grande detalhe como o sistema nervoso é formado e os processos que são gerados em resposta a todos os estímulos que nos rodeiam.
Ideias centrais: vícios, aprendizagem, emoções, linguagem, memória, neurônios, o pensamento sentidos, sistema nervoso, uma sinapse."

Explica toda a formação do SNC e a função de cada estrutura, a linguagem do cérebro, a evolução do SNC, cérebro e seus sentidos, plasticidade neural, aprendizagem e memória, rítmos biológicos, pensamento, emoções e as enfermidades do cérebro (como ELA, Alzheimer, Parkinson, etc). Mas explica tudo isso com textos curtos, painéis, vídeos, jogos, desafios, enfim!
Fomos num quarto todo preto onde desenvolvia nosso tato e outros sentidos.
Também fui numa experiência pra provar que não controlamos nossa baixa visão, que quem controla é a endolinfa. Sentei numa cadeira e giraram muuuito ela, quando ela parasse eu precisava abrir os olhos e as pessoas que estavam vendo iam observar como meus olhos iam estar (havia uma camera me filmando de perto). Incrível! Meu olho passou e mexer sozinho, cada um pra um lado, até meu líquido endolinfa estabilizar.

O museu tem mais exposições mas só tivemos tempo de ver essa sobre o cérebro, porque têm muita coisa, vale muito a pena!

Na volta pegamos um ônibus até o metro e os meninos nos deixaram lá, disseram que iam pra outro lugar então não iam com a gente. Aff fiquei brava!! Se eles tivessem avisado antes a gente ligava pro Mondra e ele nos buscava, mas não, nos avisaram em cima da hora.
Mas enfim, voltamos eu, Monique e a menina da sala dela.

Entramos no metro e até que estava tranquilo, mas de repente começou a lotar muito e não cabia mais ninguéeeem, lotadérrimo!
Íamos até Hidalgo, de lá para para outra estação de metrô e Mondra nos pegava no shopping Satelite. Mas de repente na estação Juarez o metrô parou, ficamos 40 minutos dentro do metrô esperando e nada, não sabíamos o que estava acontecendo! Mas eu já tava passando mal porque estava lotaaaado, muita gente respirando o mesmo ar e de pé!

Sem saber o que estava acontecendo nós saímos e fomos até um orelhão ligar pro Mondra, ele falou que estava chovendo, por isso os metrôs pararam!! Combinou com a menina que ía nos buscar na estação do metrô Normal. Nossa intenção era pegar um taxi e ir até essa estação, mas também não havia taxi!! :O Como os metros pararam, todos os taxis estavam lotados!!
Aí eu já estava bem nervosa, achei que não íamos conseguir voltar pra casa porque ficamos mais de 30 min procurando um taxi. A menina colocou no GPS do celular onde era a estação de metrô mais próxima (Revolucion) pra gente ver se ela estava funcionando. 12 minutos caminhando e por ruas escuras e perigosas, Jesus amado que nervoso!!
Chegamos na estação e vimos que também não estava funcionando. Então pegamos um ônibus até a estação Normal. Onibus lotaaaaaado e um trânsito sem condições. Mas finalmente chegamos e encontramos Mondragon, que alívio!!! Eu estava muito nervosa, cansada, estressada e não via a hora de vê-lo pra saber que estamos seguras!!

Indo pra casa passamos numa hamburgueria chamada Carl's Jr, muito boa!! Pedi lanche sem hamburguer e milk shake, gostei muito!!

Vim pra casa, tomei banho e dormi.

DIA 29 - taxista ilegal

Fui dormir muito tarde fazendo tarea (1:30), então acordei super cansada, acordei era 05:25!

Mama falou que Eduardo não estava bem então não iria pra escola, mas chamava um táxi pra gente. Ele comeu alguma coisa que soltou o intestino, teve até febre. Então tomamos café e fomos. Que medo! Mama falou pra não falarmos nada no carro pra ele não ver que somos estrangeiras kkkk. Todos os taxis aqui aqui tem foto do taxista no vidro da janela, mas esse não tinha, ou seja, era um taxista ilegal kkkk.
No caminho ele falou algo que Monique e eu não entendemos nada, olhamos uma pra casa da outra... e agora, o que responder?? Pra não deixar sem resposta eu falei "uhum", mas sei lá o que ele perguntou kkkk.
De repente ele espirra, e aí, falamos "saúde" ou não? E se ele decide puxar assunto? Kkkk, não falamos nadaaaa kkk ele deve ter pensado que fomos mal educadas kkkkk.

Apesar dele ter pego o caminho que tem mais trãnsito, chegamos! Kkkk. Cedo ainda, era 06h30! Comprei meu café e fui pra aula.
Tive biomecânica e aprendi coisa nova, aprendi como calcular a força resultante, e gostei!

Todos saíram mais cedo da aula porque tínhamos uma reunião com os coordenadores, Paco e Gerardo. Eles falaram algumas coisas sobre disciplina, porque usamos o espaço desportivo da ACM, então temos que respeitar as regras, falou sobre algumas reclamações que estavam tendo etc. Falou também sobre aproveitarem a universidade e tudo o que ela oferece, não só ir pra aula e voltar. Aqui, nos ultimos quadrimestres (a partir do 6º) você escolhe a área que quer seguir e faz matérias direcionadas à ela, e não pode mudar mais!

Acabou a reunião e Monique e eu ficamos conversando com os coordenadores. Nos convidaram pra passerar por Coyoacán na segunda e depois terinar funcional onde o Paco treina, e tudo o que eles falavam que era legal a gente conhecer nós respondíamos "sim", aí Gerardo falou "pra tudo vocês falam sim kkk" e o Paco "é verdade! Vitória, quer sair comigo?" Kkkk falou na brincadeira porque pra tudo respondemos sim, então pro convite dele eu também responderia, fiquei vermelha e só dei risada.
Depois estávamos explicando como funcionava nosso intercâmbio (porque a facul que paga, já quando mexicanos vão pro Brasil são eles que pagam) e falamos que é um processo seletivo, aí Paco falou "acho que esse processo não é pela conduta, mas sim pela beleza, porque eles só mandam pessoas bonitas", que vergonha! Demos risada, aí ele começou a imitar a gente como se fosse um desfile e falava "ah, Monique é bonita? Então vai! Vitória também é bonita, tá selecionada!". Kkkk esse é o coordenador...

Voltamos pra casa com uma menina da minha sala de avaliação do desempenho, ela mora aqui pertinho! Muito gente boa e descobri que ela é cristã!! Me convidou pra ir domingo na igreja, quero muito!! ♥♥.

Antes de entrar em casa fomos pra uma mercearia aqui perto comprar chocolate e quando entramos a primeira coisa que ví: brigadeiros ♥♥. Comprei 5!! Mas na hora que fui comer.... Eca!! Tinha gosto de sabão, odiei kkkk.

Fiquei em casa fazendo tarefas e conversando com o Marcelinho por FaceTime. Mais tarde Karina nos chamou pra ir comer tacos. Fomo eu, mama, Monique, ela e o Omar (seu marido) num restaurante chamado Taqueria él Fogón. Comi tacos com queijo e nopal, gostei muito e eles são muito gente boa! Antes de ir embora passamos comer churros.

quarta-feira, 1 de março de 2017

DIA 28 - comida brasileira

Não dormi muito bem a noite, por não estar passando bem (ainda pelo chocolate que comi). Fui pra aula morreeeeendo de sono, sem conseguir prestar atenção em quase nada.
Também não fiz prática de ginástica e fiquei conversando com o professor.

Tinha intervalo mas não quis fazer aula de dança com o 8º, fui ao banheiro tentar fazer coco pra ver se passava a dor na barriga e acabei cochilando no banheiro kkkkkkkk, claro que não consegui fazer nada, só dormi mesmo! kkkk.

Fui ao mercado do lado da facul comprar algo pra comer (eu ainda não tinha comido nada desde ontem) e comprei duas maçãs, um pão com queijo branco dentro (é bem pequenininho, eles chamam de bolinho) e algumas coisas que precisava, pinça e lixa de unha. Tudo deu $76,50 pesos.

Voltei pra facul, comi e fiquei fazendo tarefa. Algumas pessoas vinham conversar comigo enquanto isso. Gosto desse carinho!!

Fui pra aula de desportes de conjunto e foi aula teórica. Um menino dessa sala (muito gente boa, dá pra perceber que ele conversa comigo sem malícia), Hiran, também é vegetariano e me chamou pra qualquer dia ir comer em um restaurante vegetariano!!

Fui para o ensaio com Rubi do flashmob (já é sábado!!) e deu tudo certo, estou ansiosa!!

Enquanto esperava Mondra termnar o treino, comi uma quesadilha na cantina, estava com muita fome! $15,00 pesos. Esperamos ele fazendo tarefa.

Eu estava com muita vontade de comer arroz e feijão, então coloquei no waze "restaurante brasileiro" e o primeiro que apareceu nós fomos, chama Fogo de Chão. Chegando eu já achei o bairro muito chique, o restaurante então, vish... Sentamos na mesa e fomos ver o cardápio: $500,00/pessoas!! QUE?? R$100,00 por pessoa, sendo que no Brasil eu pago R$10,00 no prato feito!! Kkkkkk até parece, voltamos embora!!!

Mondra falou que tinha um perto de casa, então fomos lá! Chama Espadisimas. Muito mais barato! $119,00 pesos (R$22,00) por pessoa e comia a vontade!! Pra minha decepção não tinha arroz e feijão, mas comi salada, salada de macarrão, pão de alho, batata frita, purê de batata, queijo ralado, aaaaah que delícia, me acabei de comer!! Kkkkk. Gostei muito, fiquei muito muito cheia!

Voltamos pra casa, falei com o Marcelinho pelo facetime ♥, fiz tarea (tinha muuuita acumulada pra entregar amanhã!) e agora vou tomar banho pra dormir (já são 00:15 aqui e eu morrendo de sono).


DIA 27 - mirador Torre Latinoamericana

Como todo dia, acordamos e fomos pra escola. Não havia trânsito então chegamos bem cedo e ficamos no carro esperando.

Tive aula de biomecánica e como sempre: muuuita matéria! Mas gosto dessa aula e dessa classe, estou conversando mais com as pessoas, e compreendendo melhor.
O professor liberou um pouco mais cedo e eu aproveitei pra ir nadar. Fiz 600m em 30min, tomei banho beeem demorado e lavei o cabelo (daquele jeito caprichado).
Fui secar meu cabelo (levei meu secador) e descobri que esqueci o adaptador da tomada, ou seja, não tinha como secar kkkk.

Me deu vontade de tomar sorvete e eu lembrei de uma sorveteria que Monique e eu passamos na frente quando fomos para o Plaza das Estrellas, na rua da facul mesmo. Como fui sozinha e de última hora, não avisei ninguém (Monique, Mondragon, Lori, etc) e até agora eles não sabem kkk. 
Deu 5 minutos caminhando e pedi sorvete de ferrero gourmet, aaaaai que delícia! Uma bola $25,00 pesos, aí pedi pra mulher colocar cobertura e ela colocou chocolate no sorvete todo! Tipo uma cauda quente que endurece com M&M por cima, mas no sorvete todo!! Não era aquela cobertura que eu queria kkk mas tudo bem, ela me cobrou mais $8,00 pesos pela cobertura.

Comi e voltei pra facul, tinha aula de avaliação do desempenho. Consegui entender super bem a aula, fiz tudo que o professor pediu.
Tinha uma menina na sala vendendo umas bolachinhas (tipo arroz) com chocolate em volta, $5 pesos (menos de um real) e eu comprei pra ajudá-la.

Logo que comi comecei a passar mal, acho que misturou muito a gordura da cobertura do sorvete (porque só de lembrar dela já me dá ânsia!), minha barriga começou a doer e dar pontadas.

Fui treinar musculação e tomei outro banho, minha barriga soltou :/.

Saímos da facul e fomos almoçar num lugar que a Lori indicou, um restaurante natural chamado Akuni. Uma delícia!! Pedi salada (tem muuuita opção!), um sanduíche e um suco, tudo por $50,00 pesos (menos de R$10,00). 

Fomos para o centro do DF. Lá tem um palácio maravilhoso chamado Bellas Artes, tem museu, teatro, exposições, enfim, um lugar de arte lindo demais! Chegamos era 17:15 e o museu fecha as 17:30, então não pudemos entrar.

Do lado dele tem uma torre chamada Latinoamericana, uma torre com 44 andares que é um mirante!! Pagamos $100,00 pesos pra entrar (R$20,00) e visitamos um museu lá dentro sobre história no México (como era antigamente, como é agora, sobre o terremoto que já teve lá, enfim, muito bom!). Quando chegamos no mirante... que vista maravilhosaaaaa!! Amei demais, dá pra ver México todo, é muito alto mesmo, lindo demais!!

Lá dentro tem lojinha mas é tudo caro (camisetas, canecas, squeezes, enfim). Nos pontos turísticos daqui tem uma máquina (não sei o nome) que você escolhe uma imagem das opções que eles dão, coloca moeda (11 pesos) e gira a manivela. Essa máquina faz com que sua moeda derreta e vire uma medalha com a imagem que você escolheu, é muuuito fantástico!! Fica lindo e ótima recordação!! Fiz uma de cada que tinha e vou guardar com muito carinho, gosto muito dessas máquinas!

Ficamos um bom tempo na torre e voltamos embora. No caminho para o estacionamento passamos no lugar que fica o museu da tolerância e é muito diferente! Tem um espaço com água (como se fosse um laguinho) com várias pirâmides dentro. Mondra e eu ficamos brincando pra ver quem conseguia subir em uma pirâmide.

Voltamos para o estacionamento e encontramos mariachis!! Pedimos até pra tirar foto!

Na volta Monique e Mondra passaram comer tacos a pastor (um tipo de carne) mas eu fiquei esperando no carro porque estava enjoada ainda e não conseguia comer nada. Voltamos pra casa, tomei banho e dormi porque ainda estava passando mal. 

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

DIA 26 - hipodramo condesa + Coyoacán 

Acordamos para ir ao Mallorca e eu não estava muito bem, acordei enjoada e estufada, acho que comi muita batata ontem. Não comi nada de manhã, mama fez um chá de erva doce (aqui chama erva buena kkkk) e disse pra eu tomar que melhorava. Chegamos atrasados de novo rs (muito trânsito!!!), 07:20/07:30, conversei com o maestro Edgar e ele deixou eu entrar, era aula de Ginástica artística, eu amo muito, não poderia perder!!   Treinamos parada de mão, parada de mão terminando ela em cambalhota, mortal (com colchonete e impulso), enfim, só coisa top!! No final da aula sempre tem treino de força e flexibilidade, na última aula o maestro tinha pedido pra eu preparar a aula de flexibilidade para segunda, mas acho que ele esqueceu porque ele quem deu. Deitados, com as pernas pra cima tínhamos que fazer força contrária (ele pra abrir a perna e a gente pra fechar) e depois abrir em 2º e ele forçando em cima, doeu muito mas eu consegui encostar o pé nos acho enquanto ele forçada!  Ao final na aula eu entreguei um regallo de Brasil: aquele chaveirinho que eu e Monique fizemos e dois bombons: sonho de valsa e ouro branco, ele gostou muito! Fui pra aula de dança e também foi de alongamento. Uma delicia!  A aula de basquete é muito diferente da que tive no Brasil, ensina as mesmas coisas mas "sem didática", digo, muito esportivista, enquanto a aula do Jorginho nós aprendemos a ensinar, aqui eles exigem que você faça lindo, senão como pena paga exercício físico (como prancha). Mas a mestra é demais!! Entreguei pra ela também o chaveirinho e o bombom e ela amou!  Ah, não sei o porque, mas aqui eu e a Monique "damos choque" em todo mundo. Não sei o que acontece mas hoje na aula de basquete, por exemplo, 3 pessoas vieram encostar em mim e levamos choque kkkkk. Antes de ir embora do Mallorca eu me pesei... por que fiz isso??? 😩😩 engordei desde que cheguei e não posso!! Fiquei deprê. Depois da aula almoçamos em um restaurante que encontramos no caminho, chamado Sazon Tajín. Gostei muito!! Eles são muito atenciosos! Paguei $55,00 pesos (R$10,60) e tava incluso: sopa de macarrão, salada, enchiladas de espinafre e queijo, suco e gomas de sobremesa, muito bom!  De lá fomos para um bairro chamado Condesa. Antigamente a condessa tinha um hipódromo aqui, hoje em dia o hipódromo não existe mais, mas eles preservaram as ruas no formato dele. É um bairro lindo, e tem muito gringo lá, então é cheio de restaurantes das mais diversas culinárias. Mondra e Monique me deixaram em Coyoacan porque hoje foi dia de pratica com os niños. Quem preparou a aula foi o Rodrigo do meu grupo e eu achei que hoje foi mais de boa, eles participaram mais. Tinha 3 Niños só. Foi das 16h às 17h30 e aí Mondra e Monique me buscaram e passeamos um pouco por Coyoacán, um bairro muito fofo daqui que não da vontade de ir embora!!!! Tomamos sorvete num lugar chamado Helado Obscuro, só tem sabor diferente! Tomei um de ropope (um doce feito de ovo), caramelo e nozes, muito bom! Paguei $50,00 pesos.  Passeamos no mercado de Coyoacán, é tipo uma feirinha e tem muuuita coisa pra vender, as lembrancinhas pra família eu vou comprar tudo lá! Comprei uma caneca pra mim em forma de caveira mexicana (a Catrina), nada melhor pra representar o México né?? Paguei $70,00 pesos. Indo para o carro Mondragon comprou churros pra gente, o de Coyoacan é muito famoso! Peguei de nutella e adorei, mas acho que misturaram a nutella com água pra render porque tava meio aguada kkkkk. Pegamos um mega trânsito pra variar e no meio do caminho Mondra comprou Tostada de Nata daqueles vendedores ambulantes e eu gostei muito.